WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

secom bahia

secom bahia

embasa


(74) 99106-4031

outubro 2021
D S T Q Q S S
« set   nov »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  


:: 2/out/2021 . 2:05

PGR indica ao STF que Bolsonaro é o responsável pelos atos antidemocráticos de 7 de setembro

PGR diz ao STF que Jair Bolsonaro foi quem começou a convocação para atos antidemocráticos de 7 de setembro

247 – Com o avanço das investigações sobre os atos antidemocráticos do último dia 7 de setembro, a Procuradoria-Geral da República (PGR) identificou que a organização dessas manifestações teve início após uma convocação feita pelo próprio Jair Bolsonaro semanas antes.

É a primeira vez que a PGR cita nominalmente Bolsonaro dentro do inquérito, em um documento sigiloso enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF) em 4 de setembro, informa O Globo.

Isto pode ser um indicativo de que Bolsonaro poderá ser investigado neste caso. Sua responsabilidade pela convocação dos atos antidemocráticos poderá ser considerada crime, embora a PGR ainda não tenha assumido essa posição.

Os ataques de Bolsonaro ao Supremo já lhe renderam a inclusão como investigado no inquérito das fake news.

A partir das provas colhidas, a PGR também tenta rastrear a participação de ministros do governo na organização desses atos. Com isso, a investigação avança para as digitais do Palácio do Planalto nas manifestações antidemocráticas.

Para a subprocuradora-geral da República Lindôra Araújo, responsável pelo caso, a convocação para ataques às instituições democráticas teve início no dia 15 de agosto, quando Bolsonaro teria divulgado uma mensagem para seus contatos no WhatsApp defendendo a organização de um “contragolpe” às manifestações contrárias à sua gestão.

247

Bolsonaro desiste de Mendonça e avisa que não indicará Aras ao STF

“A decisão explicaria a desenvoltura com que a PGR passou a agir em temas sensíveis para o bolsonarismo”, escreve o jornalista Rodrigo Vianna. “Nos bastidores da política, o quadro está sendo definido assim: ‘Aras agora está livre'”

O Procurador Geral da República, Augusto Aras, tem procurado interlocutores na política e na mídia para dar a notícia: Jair Bolsonaro desistiu definitivamente de ter o terrivelmente evangélico André Mendonça no STF, e já avisou que o próprio Aras perdeu a condição de “segunda opção” para a vaga.

A decisão explicaria a desenvoltura com que a PGR passou a agir em temas sensíveis para o bolsonarismo. Aras, por exemplo, acaba de pedir ao Supremo que seja mantida a quebra de sigilo fiscal de Frederick Wassef, advogado do senador Flávio Bolsonaro no caso das rachadinhas e responsável por esconder o arquivo ambulante Fabrício Queiroz em Atibaia (SP).

Nos bastidores da política, o quadro está sendo definido assim: “Aras agora está livre”. O PGR passa a atuar sem compromissos com o Palácio do Planalto, encerrando a fase de  vergonhosa submissão.

Bolsonaro fez chegar aos meios jurídicos que pensa em dois nomes para o lugar do moribundo André Mendonça: Luiz Felipe Salomão, ministro do STJ, ou William Douglas (desembargador federal no Rio, e também evangélico).

A nova nomeação para o STF pode ser entendida como parte do acordo em que Bolsonaro recua de posições mais espetaculosas, para salvar o mandato e o pescoço dos filhos. O presidente desiste de impor um nome ao Supremo, aceita negociar um ministro mais palatável, salvando as relações com o Senado e com os partidos conservadores. Mas, ao mesmo tempo, abre um flanco perigoso na PGR.

Se é verdade que Aras agora está livre e cheio de apetite, isso acontece exatamente na hora em que a CPI entregará à PGR material para um banquete de ações contra o presidente e seus filhotes.

247

Bahia começa a fazer pagamento de vencimentos atrasados aos atletas

O Bahia começou a quitar os vencimentos atrasados nesta sexta-feira (1º). De acordo com o que apurou o Bahia Notícias, o Tricolor pagou o mês de salários que devia aos jogadores, mas os três meses de direitos de imagem seguem em aberto, assim como os quatro meses dos jogadores remanescentes de 2020. Os funcionários também receberam o 13º. 

Na última rodada do Brasileirão, quando o Esquadrão perdeu para o Internacional por 2 a 0, no Beira-Rio, os jogadores deixaram o gramado sem falar com a imprensa, em protesto contra a situação. Além disso, prometeram não se concentrar antes de partidas disputadas em Salvador até que as dívidas fossem quitadas (saiba mais aqui).

Entretanto, a entrevista com Rai Nascimento (veja aqui), apresentado oficialmente nesta quinta (30), é um indicativo de que os atletas devem voltar a falar. Em programação enviada nesta quarta-feira (29), o Bahia anunciou que há uma entrevista marcada para segunda-feira, após o treino.

O clube se posicionou sobre os atrasos antes do duelo contra o Colorado. “É verdade que o Bahia vive situação de dificuldade financeira, motivada pelos efeitos da pandemia a partir de março de 2020, que impediram o clube de seguir a rotina de salários em dia desde a temporada de 2015. Quedas bruscas de receita como a do programa de sócios, antes capaz de quitar folhas inteiras de pagamento só com as mensalidades dos torcedores, afetaram o orçamento e o planejamento montados no final de 2019”, diz a nota oficial.

Ao mesmo tempo, destacou que os funcionários do clube estão recebendo os seus vencimentos.

Fonte: Bahia Notícias

Suspeito de estuprar fiéis em Monte Santo é preso em São Paulo

Suspeito de estuprar várias fiéis de uma igreja no povoado Pedra Vermelha, em Monte Santo, na região sisaleira, foi preso nesta quinta-feira (30). O homem de 44 anos, foi preso na última quinta-feira (30), em Cosmópolis (SP). De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), as ações criminosas foram cometidas em 2013, e ele tinha mandado de prisão preventiva em aberto desde 2019.

A SSP informou ainda que a equipe do Setor de Investigação (SI) da Delegacia Territorial (DT) de Euclides da Cunha já vinha acompanhando o caso desde o início. Na ocasião, foi constatado que ele se intitulava missionário e, na zona rural de Monte Santo, enganava e estuprava pessoas da congregação que representava. De acordo com a apuração das DTs de Euclides da Cunha e Monte Santo, ele chegou a praticar aborto em uma das vítimas.

Após troca de informações com a Polícia Militar de São Paulo, o mandado foi cumprido pela instituição paulista na cidade de Cosmópolis. Conforme informado na determinação judicial, o homem responde pelos crimes de estupro, com aumento de pena pela autoridade exercida sobre a vítima, e aborto provocado por terceiro. O suspeito está na delegacia de Cosmópolis, da Polícia Civil de São Paulo, e deve ser transferido para a Bahia.

Fora Bolsonaro: brasileiros vão às ruas neste sábado em 317 atos confirmados

A coordenação da campanha Fora Bolsonaro totalizou neste último levantamento 317 atos em 305 cidades e 18 países contra o governo de Jair Bolsonaro, em defesa da democracia, da soberania, da geração de emprego e renda

247, CMP – A coordenação da campanha Fora Bolsonaro totalizou neste último levantamento 317 atos em 305 cidades e 18 países contra o governo de Jair Bolsonaro, em defesa da democracia, da soberania, da geração de emprego e renda.

Para o coordenador nacional da Central de Movimentos Populares, Raimundo Bonfim, “as mobilizações de ruas são fundamentais para dar um ultimato ao presidente da Câmara, Arthur Lira, para instalar o processo de impeachment na Câmara dos Deputados. Neste sábado seremos milhares defendendo a democracia e denunciando os crimes e desmandos de Bolsonaro, que têm levado o povo à fome e à miséria”.

A manifestação nacional contra Jair Bolsonaro marcada para este sábado, 2, reunirá 21 partidos políticos, sociedade civil, movimentos populares, além de ativistas e artistas, no país. As lideranças políticas dos partidos PT, Cidadania, DEM, MDB, PC do B, PDT, PL, Podemos, Solidariedade, PSD, PSB, PSDB, PSL, PSOL, PV, Rede, UP, PCB, PSTU, PCO e Novo confirmaram participação.

 



WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia