WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

bahia gas

secom bahia

secom bahia

embasa


(74) 99106-4031

junho 2024
D S T Q Q S S
« mar    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  


:: ‘Internacional’

Biden assina lei para aumentar teto da dívida dos EUA e evita calote histórico

O Congresso aprovou o projeto de lei esta semana depois que Biden e o presidente da Câmara, Kevin McCarthy, chegaram a um acordo

247 – A Casa Branca anunciou neste sábado (3) que o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, assinou um projeto de lei que eleva o teto da dívida dos Estados Unidos, encerrando semanas de temores e intensas negociações destinadas a evitar um calote catastrófico.

“No sábado, 3 de junho de 2023, o Presidente sancionou a lei… HR 3746, a ‘Lei de Responsabilidade Fiscal de 2023’, que suspende o limite da dívida pública até 1º de janeiro de 2025 e aumenta o limite em 2 de janeiro de 2025, para acomodar as obrigações emitidas durante o período de suspensão”, afirmou.

O projeto de lei também rescinde certos saldos não obrigatórios, expande os requisitos de trabalho para vários programas federais, modifica os processos de revisão ambiental e encerra a suspensão dos pagamentos de empréstimos estudantis federais.

O Departamento do Tesouro alertou que não conseguiria pagar todas as suas contas em 5 de junho se o Congresso não agisse até essa data. As duas Casas aprovaram o projeto de lei esta semana depois que Biden e o presidente da Câmara, Kevin McCarthy, chegaram a um acordo após negociações tensas.

“A aprovação deste acordo orçamentário foi crítica. As apostas não poderiam ser maiores”, disse Biden na sexta-feira (2). “Evitamos uma crise econômica e um colapso econômico”.

247

Lula propõe novo organismo multilateral “para sentar com a Rússia e a Ucrânia e encontrar a paz”

Falando ao lado do chanceler da Alemanha, o presidente Lula também afirmou que está “na hora de a China colocar a mão na massa para tentar ajudar a encontrar a paz”

247 – O presidente Lula propôs um novo modelo para encontrar a paz na Ucrânia, invadida pela Rússia em fevereiro do ano passado.

Falando durante coletiva de imprensa ao lado do chanceler alemão, Olaf Scholz, após encontros bilaterais, Lula afirmou:  “Nós queremos propor um G20 para discutir a questão do conflito Rússia-Ucrânia. Não interessa para ninguém aquela guerra, não interessa para nenhum outro país, eu nem sei se interessa mais para a Rússia ou para a Ucrânia”.

“Essas coisas de vez em quando acontecem assim. As pessoas começam, depois até querem parar, mas não sabem como parar. O Brasil está disposto a dar contribuição. Acho que a China joga um papel importante, a Índia, a Indonésia. A gente tem que criar um clube ecológico e das pessoas que vão querer construir a paz”, disse Lula.

Scholz havia feito anteriormente uma crítica velada à posição brasileira sobre o conflito: “Essa guerra não é uma questão europeia, mas uma questão que nos diz respeito a todos, porque é uma violação flagrante do direito internacional e da ordem internacional que acordamos em conjunto, é a base da nossa cooperação no mundo. Ninguém pode alterar fronteiras de forma violenta, isso pertence ao passado, e a soberania dos estados é inviolável, é algo que nos une. Isso deve ser o nosso objetivo, enquanto democracias temos que nos unir também nessa questão para evitar o retorno à lei do mais forte”.

Lula então elaborou sobre a proposta do novo grupo, dizendo que irá procurar presidentes para criar uma “instituição multilateral para sentar com a Rússia e a Ucrânia para encontrar a paz”.

Ele também afirmou que está “na hora de a China colocar a mão na massa para tentar ajudar a encontrar a paz”.

Scholz então respondeu, dizendo que “para encontrar a paz, a Rússia não pode manter os territórios que diz ter conquistado”.

Lula foi questionado sobre uma declaração passada, na qual disse que tanto Zelensky como Putin são culpados pelo conflito. Sobre isso, ele respondeu, no mesmo tom: “quando um não quer dois não brigam”

 

247

Ex-estrategista de Trump, Steve Bannon, elogia terroristas que invadiram Brasília: “Combatentes da liberdade”

O ex-assessor da Casa Branca e ex-estrategista de Donald Trump, Steve Bannon, apoiou as invasões realizadas por bolsonaristas em Brasília no último domingo (8) e teceu elogios aos extremistas que depredaram as sedes dos Três Poderes. De acordo com Bannon, as eleições brasileiras foram “roubadas” e deveriam trazer a vitória de Jair Bolsonaro (PL).

 

A declaração foi dada durante o trajeto até um tribunal de Nova York para uma audiência sobre suposto esquema de fraude na construção do muro na fronteira dos EUA com o México. Bannon afirmou que os bolsonaristas presentes no ataque são “combatentes da liberdade”.

 

“Há milhões de pessoas nas ruas, protestando, dezenas de milhões, e a grande mídia não está cobrindo”, disse Bannon sobre os atos no Brasil. “Dezenas de milhões!”, repetiu.

 

Confira o momento registrado pelo jornalista Aaron Katersky, da ABC:

Fonte: Bahia Notícias

Presidente Joe Biden condena ato de vandalismo ao Palácio do Planalto

Foto: Reprodução/Jovem Pan

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, usou suas redes sociais para condenar as invasões de terroristas bolsonaristas ao Palácio do Planalto, ao Congresso Nacional e ao Supremo Tribunal Federal (STF), na tarde deste domingo (8).

“Condeno o atentado à democracia e à transferência pacífica de poder no Brasil. As instituições democráticas do Brasil têm todo o nosso apoio e a vontade do povo brasileiro não deve ser abalada. Estou ansioso para continuar a trabalhar com Lula”, disse Biden.

 

Fonte: Bahia Notícias

Veterano na Marvel, Jeremy Renner compartilha foto do hospital: “obrigado pelas palavras”

Internado há dois dias por ter sofrido um acidente enquanto tentava mover neve, o ator veterano na Marvel, Jeremy Renner compartilhou uma foto da cama do hospital, agradecendo o carinho dos fãs, que enviaram mensagens para ele.

“Obrigado a todos pelas palavras doces. Estou muito ferrado para digitar agora, mas estou mandando todo o meu amor a vocês”, escreveu no Instagram.

O ator Jeremy é conhecido pelo papel Gavião Arqueiro, de “Os Vingadores”. Ele está internado em situação crítica, mas estável em um hospital de Nevada, nos EUA. Testemunhas informaram para a polícia local que máquina de remoção de neve atropelou uma das pernas de Renner acidentalmente, causando perda significativa de sangue.

De acordo com a CNN, a região onde o acidente ocorreu foi atingida por uma intensa tempestade de inverno entre a véspera do Ano Novo e o dia 1º, que causou elevações entre 6 a 12 polegadas de neve, o equivalente a de 15,2 a 30,5 centímetros, em áreas com altitudes de até 5 mil pés.

 

 

Presidente ucraniano suspende 11 partidos de oposição por supostamente serem pró-Rússia

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, disse hoje que instruiu seu governo a suspender a atividade de 11 partidos políticos de esquerda pelo que ele descreveu como “laços” com o governo russo.

 

Segundo o Uol, em discurso publicado no domingo em sua página no Telegram, Zelensky afirmou que o Conselho de Segurança e Defesa Nacional da Ucrânia decidiu suspender a atividade dos partidos sob a lei marcial.”Dada a guerra em grande escala travada pela Federação Russa e os laços de algumas estruturas políticas com esse Estado, qualquer atividade de vários partidos políticos durante a lei marcial está suspensa”, disse ele.

As organizações são conhecidas por compartilhar algumas posições com Moscou ou ter plataformas de inclinação russa. Um dos partidos da lista, o Opposition Platform-For Life, é liderado por Viktor Medvedchuk, um empresário com laços pessoais com o presidente russo, Vladimir Putin. Outros na lista incluem o Partido Shariy e o Partido Socialista da Ucrânia.

Zelensky disse que o Ministério da Justiça foi “instruído a tomar imediatamente medidas abrangentes para proibir as atividades desses partidos políticos da maneira prescrita”. “Qualquer atividade de políticos que vise dividir [o território ucraniano] ou colaborar [com a Rússia] não terá sucesso”, disse ele. “Mas vai ter uma resposta dura”, completou.

No início de fevereiro, antes do início da invasão em larga escala da Rússia pela Rússia, Zelenskyy havia desligado ligou três redes de televisão que, segundo ele, espalhavam “propaganda” financiada pelo Kremlin.

Paulo Coelho sobre russofobia: “crise na Ucrânia é uma desculpa conveniente”

Escritor Paulo Coelho (Foto: Divulgação)

247 – O escritor Paulo Coelho criticou, nesta sexta-feira (11), a russofobia – aversão ao povo russo que vem crescendo estimulada principalmente pelos Estados Unidos e pela Europa em um contexto de guerra entre Rússia e Ucrânia.

“A crise na Ucrânia é uma desculpa conveniente para a russofobia”, escreveu Coelho em inglês – boa parte do seu público é de fora do Brasil.

A Meta, controladora do Facebook, permitirá que usuários da rede social peçam violência contra a população russa e soldados do país euroasiático. A Procuradoria-Geral da Rússia exigiu que a Meta seja reconhecida como uma organização extremista.

As ações militares russas em solo ucraniano começaram no dia 24 de fevereiro. A Rússia é é contra a entrada da Ucrânia na Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), liderada pelos Estados Unidos, que tentam ampliar a influência na Europa.

Nesta sexta, o presidente dos EUA, Joe Biden, subiu o tom contra o governo russo, comandado por Vladimir Putin e disse que um confronto entre a Rússia a Otan pode ter como consequência uma terceira guerra mundial.

Putin não recusaria encontro com Zelensky, diz chanceler russo

Segundo Sergei Lavrov, o presidente russo, Vladimir Putin, participaria de uma reunião com seu homólogo ucraniano, Volodymyr Zelensky, para discutir questões “específicas”

247 com Reuters – O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, disse nesta quinta-feira que o presidente russo, Vladimir Putin, não recusaria uma reunião com seu homólogo ucraniano, Volodymyr Zelensky, para discutir questões “específicas

Lavrov fez os comentários em uma entrevista coletiva nesta quinta-feira (10) após conversas com seu homólogo ucraniano, Dmytro Kuleba, na Turquia.

De acordo com a diplomacia turca, que intermediou a reunião, o objetivo das negociações era combinar um cessar-fogo no conflito que acontece no território ucraniano. Kuleba informou que não houve consenso sobre este ponto.

“Mencionamos um cessar-fogo, mas não houve avanços nesse sentido”, disse ele à imprensa após o encontro, acrescentando que decidiu, com Lavrov, “continuar as negociações neste formato”.

Netflix suspende seus serviços na Rússia

Vice-presidente financeiro da Netflix deixa empresa

“Dadas as circunstâncias, decidimos suspender nosso serviço na Rússia”, disse um porta-voz

NOVA YORK, TASS – A Netflix, uma empresa americana de serviços e produção de streaming por assinatura, suspendeu seu serviço na Rússia devido aos desenvolvimentos na Ucrânia, disse a revista Variety no domingo, citando um representante da empresa.

“Dadas as circunstâncias, decidimos suspender nosso serviço na Rússia”, disse um porta-voz da Netflix.

247

Finlândia e Suécia sofrerão ‘consequências militares’ se tentarem entrar na Otan, diz Rússia

Foto: Reprodução / Sky News

A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, alertou tanto a Finlândia quanto a Suécia que enfrentarão “consequências militares e políticas prejudiciais” se tentarem ingressar na Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). As informações são do portal G1.

“Consideramos o compromisso do governo finlandês com uma política militar de não alinhamento como um fator importante para garantir a segurança e a estabilidade no norte da Europa”, comentou. Zakharova.

A afirmação foi feita após o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky fazer publicações em seu perfil em redes sociais agradecendo o apoio fornecido pelos dois países. Nos posts, Zelensky disse que os países estão ajudando a Ucrânia a construir uma coalizão “anti-guerra” e “anti-Putin”.

Dentre os vizinhos a oeste da Rússia, Finlândia, Belarus e Ucrânia são os únicos países que não integram a Otan, enquanto Noruega, Estônia, Letônia e Lituânia integram a aliança militar ocidental. A Suécia não é vizinha, mas se aproxima do território russo através do Mar Báltico.

Para o presidente russo Vladimir Putin, a aproximação feita pela Otan do território da Rússia configura um risco para o país. Esse foi um dos argumentos utilizados pelo mandatário para invadir a Ucrânia, que negociava sua entrada na aliança militar ocidental.



WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia