WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

secom bahia

secom bahia

embasa


(74) 99106-4031

outubro 2021
D S T Q Q S S
« set    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  


:: ‘Brasil’

Lula vence Bolsonaro no primeiro turno e em todas as simulações de segundo, diz pesquisa Quaest

Ex-presidente Lula (Foto: Ricardo Stuckert)

Pesquisa Quaest Consultoria apontou o ex-presidente Lula com 46% dos votos na simulação de primeiro turno. Jair Bolsonaro apareceu na segunda posição, com 29%. O petista também vence em todas as simulações de segundo turno. Contra Bolsonaro, alcança mais de 20 pontos percentuais de diferença

Pesquisa Quaest Consultoria, divulgada nesta quarta-feira (4), apontou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na liderança isolada, com 46% dos votos na simulação de primeiro turno. Jair Bolsonaro apareceu na segunda posição, com 29%, seguido pelo ex-ministro Ciro Gomes (PDT), com 12%.

Pesquisa Quaest Consultoria, divulgada nesta quarta-feira (4), apontou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na liderança isolada, com 46% dos votos na simulação de primeiro turno. Jair Bolsonaro apareceu na segunda posição, com 29%, seguido pelo ex-ministro Ciro Gomes (PDT), com 12%.

De acordo com a pesquisa, Lula é o único entre os pré-candidatos em que o potencial de voto é maior que a taxa de rejeição. Ao todo, 58% dizem que podem votar nele, contra 41% que dizem que não.

O levantamento foi feito com 1.500 entrevistados, de 29 de julho a 1 de agosto em 95 cidades das 27 unidades da federação. O nível de confiança é de 95% e a margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Fonte: 247

Paraná Pesquisas: 48,5% dos brasileiros são contra militares em cargos do governo

Em pesquisa realizada pelo Instituto Paraná Pesquisas, 48,5% população disse que discorda da presença de militares em cargos do governo. Já os que concordam somaram 45,3%. “Não sabe ou não opinou” representa 6,2%.

Já na segunda situação, as opiniões ficam mais divididas. Para 31,6% a presença de militares em cargos do governo piora a imagem do governo; para 31,3% não altera a imagem e 31,1% disseram que melhora a imagem. “Não sabe ou não opinou” somou 6%.

O levantamento ouviu 2.020 pessoas com 16 anos ou mais, em 26 Estados e Distrito Federal e em 188 municípios brasileiros durante os dias 29 de julho a 02 de agosto de 2021. O grau de confiança é de 95% e a margem estimada de erro de aproximadamente 2 pontos para resultados gerais.

Anvisa autoriza testes de remédio usado no tratamento de câncer para tratar Covid

Mesmo com a vacinação contra a Covid-19 caminhando no mundo, cientistas de vários países seguem em busca de um medicamento eficaz que trate a infecção pelo coronavírus. No Brasil, o estudo clínico de mais um medicamento foi autorizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nesta terça-feira (3).

Será analisada a segurança e a eficácia do medicamento leronlimabe no tratamento de pacientes com pneumonia causada pela Covid-19. A  pesquisa será conduzida pela Sociedade Beneficente Israelita Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

O leronlimabe é um anticorpo monoclonal. Esse tipo de medicamento tem origem biológica e é conhecido pela precisão e no combate de cânceres. A Anvisa destacou que o medicamento atua como um inibidor competitivo, bloqueando a infecção das células.

No mês passado a Anvisa recebeu solicitação de autorização para uso emergencial de um outro anticorpo monoclonal, o Sotrovimabe (lembre aqui). A autorização está em análise. O prazo é de 30 dias.

Conforme informado pela agência sanitária, o estudo autorizado nesta semana é de fase 3. Os cientistas vão avaliar a eficácia e a segurança do leronlimabe em combinação com o tratamento padrão para pacientes hospitalizados com pneumonia por Covid-19 que não necessitam de ventilação mecânica ou oxigenação por membrana extracorpórea.

O estudo é patrocinado pela empresa CytoDyn Inc., sediada nos Estados Unidos e representada pela Biomm S.A. no Brasil.

A Anvisa também informou que outro protocolo de estudo clínico do Leronlimabe, referente a pacientes que, neste caso, necessitam de ventilação mecânica ou oxigenação por membrana extracorpórea, ainda está em análise do cumprimento de exigência.

Votos já são impressos e auditáveis, afirma TSE

No dia em que apoiadores de Bolsonaro foram às ruas pelo voto impresso, em vídeo o TSE afirmou em vídeo que as urnas eletrônicas já imprimem boletins com os votos de cada seção eleitoral, que podem ser auditáveis por qualquer cidadão no dia da votação

Neste domingo (1), dia em que capitais do país registraram atos de bolsonaristas a favor do voto impresso, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) fez uma postagem em sua conta oficial no Twitter para reafirmar a seguranças das urnas eletrônicas e a lisura do processo eleitoral brasileiro.

A publicação do tribunal ainda contou com um tom de ironia: “você sabia que os votos já são impressos?”, questionou o TSE no tuíte, explicando em seguida: “qualquer eleitor pode fazer a contagem de votos por conta própria. Isso é possível com o BU, o famoso Boletim de Urna. Faça sua própria auditoria! Compare os BUs que você escaneou com os publicados no site do TSE”.

Fonte: 247

Judeus explicam por que bolsonarismo é uma forma de nazismo

Michel Gherman, Hitler, Jair Bolsonaro e Fábio Tofic Simantob (Foto: Reprodução | Felipe L. Gonçalves/Brasil247)

Michel Gherman, do Núcleo de Estudos Judaicos da UFRJ, e Fábio Tofic Simantob, mestre em direito penal pela USP, alertam para a proximidade de bolsonaristas com o nazismo. “Continuam a acreditar nas teses supremacistas e conspiratórias típicas do antissemitismo e do racismo estrutural”, dizem. “Posições xenófobas e que relativizam o Holocausto não podem ser toleradas”

Em análise publicada no jornal Folha de S.Paulo, Michel Gherman Professor-coordenador do Núcleo de Estudos Judaicos da UFRJ e diretor acadêmico do Instituto Brasil-Israel (Ibis), e Fábio Tofic Simantob, mestre em direito penal pela USP e vice-presidente do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCrim), alertam para a proximidade do governo Jair Bolsonaro com práticas nazistas.

“Criam um judeu para chamar de seu, enquanto continuam a acreditar nas teses supremacistas e conspiratórias típicas do antissemitismo e do racismo estrutural”, dizem. “A visita de deputada de um partido de extrema direita alemão a Bolsonaro nos fez lembrar disso. Posições xenófobas e que relativizam o Holocausto não podem ser toleradas. Judeus e não judeus devem entender os vínculos ideológicos do bolsonarismo com o nazismo. Eles nunca foram ocultos, mas hoje estão mais claros do que nunca, sorridentes e saindo do armário para os braços de uma deputada neonazista. Só não vê quem não quer”, acrescentam.

De acordo com os analistas, “quando Jair Bolsonaro esteve no clube Hebraica do Rio de Janeiro e comparou quilombolas a gado gordo, ele estava efetivamente reproduzindo um pensamento racista – mas alguns preferiram relevar”. “Quando o secretário da Cultura gravou um vídeo emulando Joseph Goebbels, tampouco despertou a ira ou a revolta daqueles que queriam enxergar Bolsonaro como o amiguinho dos judeus e de Israel. O presidente, no passado, já havia feito elogios a Hitler. Mas isso também não foi grave o suficiente para encará-lo como um líder racista e antissemita”, destacam.

Os estudiosos fazem um paralelo com o antijudaísmo no exterior. “A extrema direita polonesa e húngara e os supremacistas americanos – parceiros ideológicos do bolsonarismo – não escondem seu ódio aos judeus. Idolatram uma Israel branca e cristã, a Israel imaginária, enquanto que, de outro, não toleram o estranho, o diferente, o estrangeiro – em suma, o judeu histórico”, complementam.

Fonte: 247

Bolsonaro tem rejeição recorde e perde para quase todos, especialmente se o adversário for Lula

Pesquisa Atlas, divulgada nesta sexta-feira pelo El País, revela que 62% dos brasileiros rejeitam Jair Bolsonaro e que Lula é o nome mais forte para enfrentá-lo

Uma nova pesquisa Atlas, divulgada pelo jornal espanhol El País nesta sexta-feira, revela que 62% dos brasileiros rejeitam Jair Bolsonaro, que comete crimes de responsabilidade em série, e que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é o nome mais forte para enfrentá-lo. A pesquisa também revela que outros nomes podem superá-lo, mas não com a mesma facilidade.

“Se as eleições fossem hoje, o presidente perderia para seus principais adversários no segundo turno, incluindo o governador João Doria (PSDB-SP), empatado tecnicamente com Bolsonaro, mas com viés de vantagem. Doria venceria com um resultado de 40,6% a 38,1% do presidente. Como a pesquisa tem 2 pontos porcentuais de margem de erro para cima ou para baixo, eles ainda estão empatados, mas é a primeira vez que o governador paulista aparece no páreo para se eleger. Em maio, Doria ficava 6,1% atrás de Bolsonaro na simulação de segundo turno”, informa o jornal.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ampliou a vantagem sobre Bolsonaro em comparação à pesquisa anterior e venceria por 49,2% contra 38,1%, num eventual segundo turno, num cenário com 12,8% de votos nulos ou brancos. Em maio, a vantagem de Lula era de 4,7% sobre o presidente. “A tendência é de fortalecimento de Lula”, diz o cientista político Andrei Roman, CEO do Atlas. “Desde o início do ano, Lula vem numa trajetória constante de crescimento”, completa.

Também Ciro Gomes (43,1% a 37,7%), o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (42,9% a 37,5%), e o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (41,9% a 38,4%) ampliaram sua preferência, e poderiam frustrar o sonho da reeleição do presidente em 2022.Confira todos os dados:
Gráfico Atlas
Fonte: 247

Brasil registra menos de 500 mortes pela Covid em um dia pela 1ª vez em seis meses

Os registros de mortes pela Covid-19 no Brasil neste domingo (25) apontaram para 499 novos registros. O número é o mais baixo em mais de seis meses. De acordo com o Estadão, a última vez que o país notificou menos de 500 mortes pelo coronavírus em um dia foi em 18 de janeiro deste ano. Na ocasião, o país havia registrado em 460.

Vale ressaltar que geralmente os dados de mortes costumam ser mais baixos aos fins de semana.

Conforme a reportagem, a média semanal de vítimas, que elimina distorções entre dias úteis e fim de semana, é de 1.105, a menor desde 23 de fevereiro deste ano. Na época, o índice era de 1.095, mas ainda em patamar considerado alto por especialistas.

O Brasil soma 549.924 mortos pela infecção pelo coronavírus.

Joice Hasselmann nega agressão do marido: ‘É mais fácil eu dar uma sova’

Foto: Reprodução / Bela Megale

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) revelou que não foi agredida pelo marido, o neurocirurgião Daniel França. A parlamentar diz ter sofrido um atentado, enquanto estava em casa (relembre aqui). Joice rechaçou veementemente a versão da agressão do marido e comentou que isso passou a ser a dito para “criar uma cortina de fumaça para que não se descubra a verdade”.

“De maneira muito canalha, estão tentando desviar o foco e colocar o meu marido em suspeição. Quem me conhece e conhece o Daniel sabe que é muito mais fácil eu dar uma sova nele do que ele ousar levantar a mão para mim. O meu marido é o tipo de homem que puxa a cadeira para eu me sentar, abre a porta do carro e me espera na porta de casa com uma taça de champanhe. Ele é um príncipe, incapaz de dar um tapinha no meu gato para assustá-lo”, disse Joice à coluna de Bela Megale, do Globo.

Joice relatou que quem a socorreu foi seu marido, o neurocirurgião Daniel França, que costuma passar os fins de semana em Brasília. A deputada ligou para o celular do marido às 7 horas da manhã, porque não conseguia se levantar (ela mostrou para a coluna o registro dos telefonemas no seu celular).

A deputada relata que ele dormia em outro quarto da casa. Ao levar a reportagem ao local em que acordou ferida, a parlamentar mostrou o cômodo onde afirmou que estava Daniel França, naquela noite. Joice diz que o casal costuma dormir separado, porque o marido tem problemas com ronco. A parlamentar afirma que França a levou para o quarto, fez curativos e ministrou os remédios.

“Daniel foi a primeira pessoa a me socorrer, a exigir que eu fizesse as tomografias. É uma canalhice tentarem envolvê-lo nesse episódio. Isso tem um intuito de criar uma cortina de fumaça para que não se descubra a verdade. Não vou permitir. Se (o agressor) fosse meu marido, filho, pai ou irmão, eu teria denunciado e colocado na cadeia. Qualquer um que me conhece minimamente sabe disso”, explicou.

Joice disse também que “é lutadora” e que Daniel França costuma repetir para amigos do casal, em tom de brincadeira, que “o que me causa mais medo é tomar uma coça” da mulher. “Ele sabe que, aqui, não é brincadeira, não”, emendou a parlamentar.

Fonte: Bahia Notícias

24J: mobilização contra Bolsonaro já tem quase 500 atos marcados para este sábado

Manifestações por Fora Bolsonaro

Para este sábado, por todo o Brasil e fora do país, 488 manifestações contra o governo Jair Bolsonaro foram confirmadas pela organização da campanha. Foram 62 novas manifestações confirmadas nesta sexta. São 471 cidades e 17 países. Confira

“Quanto mais os militares ameaçam à democracia, quantos mais o ‘Centrão’ avança em cargos estratégicos do governo, mais cresce a mobilização e pressão pelo Fora Bolsonaro”, destaca Raimundo Bonfim, coordenador das Central de Movimentos Populares (CMP), uma das organizações que dirigem a ‘Campanha Fora Bolsonaro’.

Para este sábado, 24, por todo o Brasil e fora do país, 488 manifestações contra o governo Jair Bolsonaro foram confirmadas pela organização da campanha nesta sexta-feira, 23. Em comparação com o dia anterior, quando haviam 426 atos organizados, foram 62 novas manifestações confirmadas. São 471 cidades e 17 países.

Esta é a quarta mobilização da campanha nacional, depois de 29 de maio, 14 de junho e 3 de julho. “A ameaça do ministro Braga Neto de que não teria eleição em 2022 caso não for aprovado o voto impresso, somado ao anúncio de Ciro Nogueira para a Casa Civil, estimulou a marcação de protestos”, afirmou Bonfim.

Isolado e em baixa nas pesquisas, o governo de Jair Bolsonaro já tem recorrido ao Centrão para tentar sobreviver, diante das fortes denúncias de corrupção na gestão da pandemia do coronavírus.

Confira os locais das manifestações

Norte

AC – Rio Branco – Gameleira | 15h

AM – Itacoatiara – Mirante (ao lado da Pizzaria Panorama) | 16h30

AM – Manaus – Praça da Saudade | 15h

AP – Macapá – Praça da Bandeira | 16h

PA – Altamira – Em frente Celpa/Equatorial | 8h

PA – Barcarena – Sindiquimicos | 10h

PA – Bragança – Praça da Bandeira | 8h

PA – Belém – Praça da República | 8h

PA – Itaituba – Residencial Wirlande Freire, quadra 40  Nº 971 | 14h

PA – Marabá – Praça da Z30, Orla de Marabá | 16h

PA – Santa Luzia do Pará – Praça da Guarda no Calçadão de Todos | 7h30

PA – Santarém – Praça São Sebastião | 16h

RO – Ariquemes – Espaço Alternativo | 9h

RO – Guajará-Mirim – Parque Circuito | 9h

RO – Ji-Paraná – Casa do Papai Noel | 8h30

RO – Porto Velho – Praça  do CEU da zona leste, rua Antônio Fraga Moreira, 8250 | 8h30

RO – Porto Velho – Campo Florestão na Av. Jatuarana | 16h

RR – Boa Vista – Praça Germano Sampaio (Pintolândia) | 9h

TO – Araguaína – Praça das Bandeiras | 9h

TO – Carreata Miracema – Parque de Exposição Agropecuária | 8h

TO – Palmas – Posto Trevo (Taquaralto) | 8h

Nordeste

AL – Arapiraca – Paróquia Sagrado Coração de Jesus (Primavera) | 9h

AL – Delmiro Gouveia – Praça do Coreto | 9h

AL – Maceió – Praça Multieventos – Pajuçara | 9h

AL – Palmeira dos Índios – Praça da Igreja São Cristovão | 9h

AL – União dos Palmares – Rua XV de Novembro (semáforo Globo) | 9h

BA – Alagoinhas – Praça Ruy Barbosa | 09h

BA – Amargosa – Praça dos Correios | 9h

BA – Barra – Praça do Coreto | 15h

BA – Barreiras – Praça Castro Alves | 9h

BA – Cachoeira – Caminhada Av. 25 de Junho | 9h

BA – Cruz das Almas – Praça Senador Temístocles (em frente à prefeitura) | 9h

BA – Eunápolis – Praça do Pequi (Com arrecadação de alimentos) | 8h

BA – Feira de Santana – Em frente à Prefeitura | 9h

BA – Ilhéus – Praça Misael Tavares (em frente ao Estádio) | 9h

BA – Ipiaú – Honório | 10h

BA – Itabuna – Jardim do Ó | 9h

BA – Itapetininga – Em frente a prefeitura | 9h30

BA – Jacobina – Praça Rio Branco | 18h

BA – Jequié – Praça Luis Viana | 9h

BA – Paulo Afonso – Igreja N.Sra do Perpétuo Socorro | 9h

BA – Porto Seguro – Trevo do Cabral | 15h

BA – Ribeira do Pombal – Praça da Juventude | 17h

BA – Salvador – Campo Grande até Praça Municipal | 10h

BA – Santa Cruz Cabrália – Monumento Indígena, Coroa Vermelha | 9h

BA – Santa Inês –  Feira de Santa Inês em Frente à Sede do SINASEFE | 9h

BA – Santo Antonio de Jesus – Carreata Estádio S.A de Jesus | 14h

BA – Ribeira do Pombal – Carreata e Motocada Praça da Juventude | 16h

BA – Serrinha – Praça Centenário | 9h

CE – Acaraú – Praça do Centenário | 8h

CE – Aracati – Praia de Canoa Quebrada | 16h

CE – Baturité – Praça da Matriz | 8h

CE – Caucaia – Praça da Matriz | 8h

CE – Crateús – Carreata pela cidade | 17h

CE – Fortaleza – Praça Portugal | 15h

CE – Icó – Teatro da Ribeira dos Icós | 16h

CE – Iguatu – Praça das Crianças | 16h

CE – Itaiçaba – Carro de Som e faixas Mercado Público | 9h

CE – Itapipoca – Praça do Hotel | 7h30

CE – Juazeiro do Norte – Região do Cariri – Rua São Pedro | 8h

CE – Maracanaú – Praça da Estação | 16h

CE – Morada Nova – Praça Eduardo Girão (Girilândia) | 7h30

CE – Pentecoste – Praça do CSU | 17h30

CE – Quixadá – Praça José de Barros | 8h

CE – Sobral – Praça de Cuba | 8h

CE – Tianguá – Panfletaço na Praça dos Eucaliptos | 8h

MA – Açailândia – Praça do Pioneiro | 18h30

MA – Bacabal – Praça Catulo da Paixão Cearense | 8h

MA – Bom Jesus das Selvas – Praça do Fabricante | 9h

MA – Caxias – Praça da Matriz | 9h

MA – Igarapé do Meio – Entrada da Est. de Monção, Praça de Fátima | 9h

MA – Imperatriz | Praça de Fátima | 9h

MA – Pedreiras – Praça Corrêa de Araújo | 7h30

MA – Pinheiro – Praça José Sarney | 8h

MA – Santa Inês – Praça das Laranjeiras | 8h

MA – Santa Luzia – Esquina do Supermercado Galvão | 8h

MA – São Luís – Praça Deodoro | 9h

PB – Campina Grande – Praça da Bandeira | 8h30

PB – Cajazeiras – Ato Público – Praça das Oiticicas | 9h

PB – João Pessoa – Carreata e Caminhada Mercado Publico de Mangabeira, Rumo a Praça da Paz – Bancários | 9h

PB – Patos – Praça João Pessoa (CEPA) | 8h

PB – Sousa –  Praça ao lado da Estação Ferroviária | 7h

PE – Arco Verde – Praça da Bandeira | 9h

PE – Belém de São Francisco – Praça das Calcinhas | 15h

PE – Bezerros – Anfiteatro atrás da Igreja da Matriz | 9h

PE – Caruaru – Frente do INSS | 9h

PE – Escada – Praça do Agricultor | 09h30

PE – Garanhuns – Fonte Luminosa | 9h

PE – Goiania – Inicio do ato na Igreja dos pretos velhos | 7h

PE – Igarassu – Pracinha Saramandaia | 15h

PE – Palmares – Praça Paulo Paranhos | 9h

PE – Petrolândia – Polo e STR | 7h30

PE – Petrolina – Praça da Catedral | 9h

PE – Recife –  Praça do Derby | 10h

PE – Santa Cruz do Capibaribe – Coreto da Av. Padre Zuzinho (Centro) | 14h30

PE – São José do Egito – Ato unificado Sertão do Pajeú na Feira Livre Central | 8h

PE – Serra Talhada – Pátio da Feira | 10h

PE – Vitória de Santo Antão – Em frente ao Banco do Brasil | 9h30

PI – Altos – Praça Cônego Honório | 8h

PI – Floriano – Praça Coronel Borges | 8h

PI – Piripiri – Praça da Bandeira | 9h

PI – Teresina – Praça Rio Branco (Centro) | 8h

PI – Parnaiba – Av. Pinheiro Machado x Samuel Santos | 16h

PI – Picos – Praça Félix Pacheco (Centro) | 7h30

PI – São Raimundo Nonato – Praça do Relógio

RN – Caicó – Praça de Alimentação | 7h30

RN – Ceará-Mirim – Concentração para carreata na Igreja Matriz | 7h30

RN – Extremoz – Em frente a Câmara Municipal | 15h30 (Ato em 23/07)

RN – João Câmara – Praça Baixa-Verde | 8h

RN – Jucurutu – Praça do Centro | 7h30

RN – Macau – feira da Praça Central | 8h

RN – Montanhas – Aguardando local | 8h

RN – Mossoró – Praça Arte da Terra até a Praça do Pax | 9h

RN – Natal – Midway | 15h

RN – Parnamirim – Praça Paz de Deus, Centro | 9h

RN – Pipa – Praça do Pescador | 18h

RN – Pureza – Comunidade de Olho D’água | 19h (Ato em 31/07)

RN – Pureza – Distrito de Cana Brava – Feira livre| 6h (Ação em 1/08)

RN – Pureza –  Distrito de Bebida Velha | 9h (Ato em 01/08)

RN – Parnamirim – Praça Paz de Deus (Centro) | 9h

RN – São Miguel – Frente ao Banco do Brasil (Carreata) | 17h

SE – Aracaju – Praça do Leite Neto (Av. Hermes Fontes/Palácio do Governo) | 14h

SE – Itabaiana – Calçadão Airton Teles | 16h

SE – Nossa Senhora da Glória – Praça da Prefeitura | 8h

Centro Oeste

DF – Brasília – Museu Nacional | 15h

GO – Alexânia – Distrito Olhos D’água | 9h

GO – Alvorada do Norte – Praia do Povo | 9h

GO – Anápolis – Praça Americana do Brasil | 9h40

GO – Anápolis – Praça Dom Emanuel | 10h

GO – Aparecida de Goiânia – Carreata Terminal Veiga Jardim | 9h

GO – Aurilândia – Praça Josino Bretas | 17h

GO – Catalão – Praça Getúlio Vargas | 9h

GO – Cidade de Goiás – Carreata Praça do Chafariz | 9h30

GO – Goianésia – Avenida Ulisses Guimarães | 15h

GO – Goiânia – Praça do Trabalhador | 9h

GO – Ipameri – Carreata Praça da COAB | 15h30

GO – Iporá – Lago Pôr do Sol | 9h

GO – Itumbiara – Praça da República Feira Municipal | 9h

GO – Jataí – Centro Cultural Dom Benedito Dominos Cóscia | 8h30

GO – Luziânia – Museu Nacional, em frente a prefeitura | 13h

GO – Pirenópolis – Entrada do Jardim Taquaral | 10h

GO – Pires do Rio – Feira Municipal | 9h

GO – Trindade – Espaço Athenas | 7h30

MS – Aquidauana – Praça dos Estudantes | 9h

MS – Campo Grande – Praça do Rádio | 9h

MS – Corumbá – Praça Central | 9h

MS – Jardim – Praça do Encontro (Calçadão) | 9h30

MS – Ponta Porã – Minhocão (Antiga Praça Lício Borralho) | 8h

MS – Nova Andradina – Praça do Museu | 9h

MT – Barra do Garça – Praça Sebastião Jr. | 8h30

MT – Cuiabá- Carreata concentração na UFMT | 9h

MT – Cuiabá – ato na Praça Alencastro | 15h

MT – Juína – Praça da Bíblia | 17h30

MT – Rondonópolis – Parque Universitário em frente ao Senai | 15h

MT – Tangará da Serra – Rotatória do Cristo Redentor | 8h

Sudeste

ES – Aracruz – Mercado Municipal | 09 h

ES – Colatina – Praça Sol Poente | 10h30

ES – Marataízes – Rotatória da Barra | 15h

ES – São Mateus – BR 101 Canteiro Central entrada do Bairro Vila Nova | 10h

ES – Vitória – Praça Jucutuquara (IFES de Vitória) | 14h

MG – Alfenas – Praça Getúlio Vargas | 9h

MG – Almenara – Praça do Bairro São Pedro | 8h30

MG – Araçuaí – Feira Municipal | 08h

MG – Araçuaí – Praça das rosas | 09h

MG – Araguari – Praça Farid Nader | 8h30

MG – Araxá – Estádio Fausto Alvim | 9h

MG – Barbacena – Praça do Rosário | 10h

MG – Belo Horizonte – Praça da Liberdade | 13h30

MG – Brumadinho – Av. Vigilato Braga esquina com Quintino Bocaiúva | 9h

MG – Betim – Viaduto Jacintão | 8h30

MG – Campo Belo – Pç dos Expedicionários | 10h

MG – Caratinga – Viaduto Caratinga | 9h

MG – Carrancas – Praça da Matriz | 10h

MG – Cataguases – Praça Catarina | 8h30

MG – Caxambu – Poliesportivo Jorge Cury | 8h30

MG – Conselheiro Lafaiete – Prefeitura | 13h

MG – Curvelo – Praça do Santuário | 10h

MG – Diamantina – Praça do Mercado Velho | 14h

MG – Divinópolis – Rua São Paulo | 9h

MG – Extrema – Praça Coronel Simeão (em frente à escola Odete Valadares) | 11h

MG – Governador Valadares – Praça do Emigrante (Shopping) | 9h

MG – Formiga – Praça Ferreira Pires | 10h

MG – Frutal – Concha acústica do Calçadão | 9h30

MG – Itabira – Rodoviária – 10h

MG – Itabirito – Prefeitura | 9h

MG – Itajubá – Praça Wenceslau Braz | 10h

MG – Itamogi – Cel José Furtado, 16h

MG – Itaúna – Praça da Matriz | 9h

MG – Jampruca – Igreja Católica | 9h

MG – Januária – Antigo depósito da Coca Cola | 8h

MG – Jequitinhonha – Banco do Brasil | 7h30

MG – João Monlevade – Carreata até Nova Era

MG – Juiz de Fora – Parque Halfeld | 10h

MG – Lavras – Praça Dr. Augusto Silva | 10h

MG – Leopoldina – Praça General Osório | 10h

MG – Mariana – Centro de Convenções | 9h

MG – Montes Claros- Praça da Catedral | 9h

MG – Muriaé – Antiga Prefeitura | 11h30

MG – Nova Era – Rotatória da Rua Itabira com a MG – Gov. Valadares | 9h

MG – Nova Lima – Praça Bernardino de Lima | 10h

MG – Ouro Branco – Av. Mariza | 9h

MG – Ouro Preto – Alto da Cruz | 9h30

MG – Passos – Estação Cultura | 16h30

MG – Patos de Minas – Praça do Coreto | 09h

MG – Patrocínio – Praça Santa Luzia | 15h

MG – Pirapora – Praça Cariris | 9h30

MG – Poços de Caldas – Estação Cultura | 16h

MG – Poços de Caldas – Praça José Affonso Junqueira | 16h

MG – Ponte Nova – Praça Palmeiras | 9h

MG – Raposos – Praça da Estação | 19h

MG – Ribeirão da Neves – Praça de Neves | 9h30

MG – Santa Bárbara – Praça Leste de Minas | 10h

MG – Santos Dumont – Praça Cesário Alvim | 10h30

MG – São Sebastião do Paraíso – Casa da Cultura | 15h

MG – São João del Rei – Praça Matozinhos | 10h

MG – São Lourenço – Praça Brasil | 17h

MG – São Thomé das Letras – Praça Barão de Alfenas | 15h

MG – Sarzedo – Trevo Santa Rosa, 9h

MG – Serra do Cipó – Pracinha do Cipó | 10h

MG – Sete Lagoas – Praça Tiradentes | 9h

MG – Ribeirão da Neves – Praça de Neves | 9h30

MG – Timóteo – Fundação Aperam | 8h30

MG – Tiradentes – Em frente à Matriz | 9h

MG – Tumiritinga – Praça da Igreja Matriz | 9h

MG – Ubá – Praça Guido | 13h

MG – Uberaba – Praça Rui Barbosa | 10h30

MG – Uberlândia – Praça Ismene Mendes (Antiga Tubal Vilela) | 9h30

MG – Viçosa – 04 pilastras da UFV | 09h30

MG – Visconde do Rio Branco – Praça 28 de setembro | 10h

RJ – Angra dos Reis – Praça do Papão no Centro | 10h

RJ – Armação de Búzios – Praça da Escola Nicomedes  (Em frente ao Porto da Barra) | 16h

RJ – Barra Mansa – Concentração em frente ao Bramil |10h30

RJ – Barra de São João – Praça As Primaveras | 10h

RJ – Barra do Piraí – Praça Nilo Peçanha | 9h

RJ – Búzios – Praça da Escola Nicomedes (Em frente ao Porto da Barra) | 16h

RJ – Cachoeiras de Macacu – Passeata Praça Duque de Caxias (Caixa Econômica) em direção à Prefeitura | 9h

RJ – Campos – Praça São Salvador | 10h

RJ – Cordeiro – Praça central de Cordeiro, Av. Raul Veiga | 18h

RJ – Macaé – Praça Veríssimo de Melo | 9h30

RJ – Magé – Praça Nilo Peçanha (Prefeitura) | 10h

RJ – Miguel Pereira – Em frente à Fornemat | 12h

RJ – Nova Friburgo – Praça Getúlio Vargas |  14h

RJ – Nova Iguaçu – Praça Rui Barbosa (Em frente ao Banco do Brasil) | 15h30 (Ato em 23/07)

RJ – Nova Iguaçu – Praça dos Direitos Humanos via Light | 10h

RJ – Paraty – Ato e caminhada Concentração Chafariz até Igreja Matriz | 16h

RJ – Paty dos Alferes – Praça do Fórum | 10h

RJ – Petrópolis – Praça da Inconfidência | 11h

RJ – Resende – Mercado Popular | 10h

RJ – Rio das Ostras – Carreata Escola Municipal Cidade Praiana | 8h

RJ – Rio das Ostras – Ato Praça Bangu | 10h

RJ – Rio de Janeiro – Monumento Zumbi | 10h

RJ – São Fidélis – Praça Guilherme Tito de Azevedo | 9h30

RJ – Teresópolis – Carreata na Praça do Sakura | 9h

RJ – Teresópolis – Caminhada Calçada da Fama | 9h

RJ – Três Rios – São Sebastião | 16h

RJ – Valença – Jardim de Cima | 9h30

RJ – Vassouras – Praça Eufrásia Teixeira Leite | 10h

RJ – Volta Redonda – Praça do Cantinho (Embaixo do Viaduto perto do Auê House) Av. Amaral Peixoto | 9h30

SP – Araras – Praça Barão De Araras | 13h

SP – Americana – Praça Comendador Müller | 9h

SP – Araçatuba – Praça Ruy Barbosa | 10h

SP – Araraquara – Praça Santa Cruz | 10h

SP – Araraquara – Carreata com saída da Praça Scalamandré Sobrinho | 14h

SP – Arujá – Praça Dalila Barbosa | 10h30

SP – Avaré – Largo do Mercado | 10h

SP – Barueri – Ato no Boulevard de Barueri | 13h

SP – Bauru – Passeata Praça Rui Barbosa | 9h

SP – Bertioga – Ao lado do Krill | 10h

SP – Botucatu – Emílio Pedutti | 15h

SP – Caçapava – Praça da Bandeira | 14h

SP – Cajamar – Pontilhão da Jordanésia | 9h

SP – Campinas – Largo do Rosário | 10h

SP – Cananéia – Praça Martim A. de Souza | 15h

SP – Caraguatatuba – Praça Cândido Mota | 15h

SP – Carapicuíba – Cohab II, Feira da Av. Brasil com Escola Edgar de Moura Bitencourt | 10h

SP – Cotia – Praça Joaquim Nunes (ao lado do Cemitério) | 13h

SP – Cruzeiro – Fatec | 11h30

SP – Cubatão – Parque Anilinas (em frente ao Banco do Brasil) | 9h

SP – Cunha – Praça do Rosário | 10h

SP – Diadema – Faixaço saída de frente do Sindema (Av. Antônio Piranga, 1156 – Centro) | 10h

SP – Fernandópolis – Praça da Matriz | 10h

SP – Franca – Carreata Parque Fernando Costa até o Terminal Central de De Integração | 10h

SP – Guaratinguetá – Praça Treze de Maio |10h

SP – Guarulhos – Praça Tereza Cristina | 13h

SP – Ibitinga – Praça João Abrão | 15h

SP – Ilha Bela – Praça da Mangueira | 15h

SP – Indaiatuba – Av. Francisco de Paula Leite em frente ao Portão 4 SESI | 14h

SP – Itanhaém – Calçadão da Praça Narciso Andrade | 10h

SP – Itapeva – Praça Anchieta | 10h30

SP – Itapetininga – Em frente à Prefeitura | 9h30

SP – Itaquaquecetuba – Praça Padre João Alvares – centro | 10h

SP – Itatiba – Praça da Bandeira | 10h

SP – Jacareí – Pátio dos Trilhos | 9h30

SP – Jaguariúna – Praça da Matriz | 10h

SP – Jandira – Ato na Estação de Trem de Jandira | 10h

SP – Jundiaí – Em frente à Câmara Municipal | 9h30

SP – Hortolândia – Praça São Francisco de Assis, em frente a igreja matriz da Vila Real | 18h30 (ato em 23/07)

SP – Hortolândia – Em frente à delegacia (Pq dos Pinheiros) | 9h

SP – Laranjal Paulista – Árvores Gêmeas (próximo a escola CECA) | 14h

SP – Leme – Praça Maria Joaquina Av. 29 de agosto, 27 | 10h

SP – Lençois Paulista – Concha Acústica |15h

SP – Limeira – Praça Toledo de Barros | 10h

SP – Lins – Praça Coronel Piza | 10h

SP – Lorena –  Praça Arnolfo Azevedo | 9h

SP – Mairinque – Em frente ao Centro de Saúde da Vila Sorocabana | 13h

SP – Mairiporã – Praça do Rosário | 10h

SP – Marília – Bicicletada – Praça da Emdurb | 9h

SP – Marília – Na ilha da Galeria Atenas | 10h

SP – Mogi das Cruzes – Largo do Rosário | 9h30

SP – Osasco – Largo de Osasco em frente à Estação CPTM | 12h30

SP – Paulínia – Av. José Paulino (em frente a Igreja São Bento) | 9h

SP – Peruíbe – Praça Flórida (ao lado do Mc Donald’s) – 10h

SP – Pindamonhangaba – Praça 7 de Setembro (Com arrecadação de alimentos e agasalhos) | 9h

SP – Piracaia – Praça do Rosário | 15h

SP – Piracicaba – TCI Terminal Central de Integração | 10h

SP – Piraju – Praça Ataliba Leonel | 15h

SP – Praia Grande – Pça Dr. Roberto Andraus – OCIAN | 10h

SP – Presidente Prudente – Ato em frente ao antigo Procon (Rua Júlio Tiezzi) | 9h30

SP – Registro – Praça dos Expedicionários | 15h

SP – Ribeirão Pires – Ato de esquenta pra Paulista entre a estação e a Rodoviária | 13h

SP – Ribeirão Preto – Esplanada Teatro Pedro II | 9h

SP – Rio Claro – Praça Dalva de Oliveira | 15h

SP – Salto – Praça XV | 9h30

SP – Santos – Ato Unificado Baixada Santista Pça Independência | 16h

SP – São Bernardo – Praça da Matriz | 10h

SP – São Sebastião – Em frente ao Santander (*Aguardando Infos)

SP – São Carlos – Mercadão | 10h

SP – São José do Rio Preto – Avenida Andaló (em frente à Prefeitura) | 15h

SP – São José dos Campos – Praça Afonso Pena | 9h

SP – São Luiz do Paraitinga – Carreata saindo do Bairro do Orris | 15h

SP – São Paulo – Masp | 15h

SP – São Roque – Largo dos Mendes | 10h

SP – Serra Negra – Carreata com saída na Casco de Ouro | 13h30

SP – Sorocaba – Praça Coronel Fernando Prestes (Catedral) | 10h

SP – Sumaré – Av. Júlia Vasconcelos Bufarah, rua da estação de trem | 17h (ato em 23/07)

SP – Suzano – Rua Emília Barradas Simões, 33 – Cidade Miguel Badra (próximo ao mercado Pacheco) | 10h

SP – Taubaté – Av. do Povo (Bolsão – com arrecadação de alimentos e roupas) | 9h

SP – Ubatuba -Estátua do Caiçara- Trevo | 16h

SP – Valinhos – Prefeitura | 8h

SP – Vinhedo – Praça Sant´Anna |10h30

SP – Votuporanga – Concha Acústica |10h

Sul

PR – Antonina – Rua XV de Novembro (próximo a Rodoviária) | 10h

PR – Apucarana – Av. Curitiba | 10h

PR – Campo Mourão – Rua das Palmeiras | 9h30

PR – Cascavel – Em frente a Catedral | 14h30

PR – Curitiba – Praça Santos Andrade | 14h

PR – Dois Vizinhos – Praça Ari Muller |16h

PR – Francisco Beltrão – Praça Central | 9h

PR – Foz do Iguaçu – Praça da Paz | 11h

PR – Guarapuava – Praça Cleve |10h30

PR – Iporã – Lago Pôr do Sol | 9h

PR – Irati – Parque Aquático | 15h

PR – Londrina – Teatro Ouro Verde | 15h

PR – Maringá – Praça Raposo Tavares | 14h

PR – Matinhos – Ato na Rotatória (com arrecadação de alimentos) | 14h

PR – Paranaguá – Praça dos Leões (Centro) | 14h

PR – Pato Branco- Praça da Matriz | 14h

PR – Pinhais – Prefeitura | 15h

PR – Ponta Grossa – Praça Barão de Guaraúna | 15h

PR – Pontal do Paraná – carreata Pontal do Sul em direção à praia de leste | 10h

PR – Toledo- Jardim Copagro | 10h

PR – Umuarama – Praça Arthur Thomas | 15h

SC – Araranguá – Relógio do Sol | 10h

SC – Balneário Camboriú – Ato Regional – Praça Almirante Tamandaré | 15h

SC – Blumenau – Praça Dr. Blumenau | 15h

SC – Brusque – Ponte Estaiada | 10h

SC – Concórdia – Esquina da Dr. Maruri com calçadão – 15h

SC – Criciúma – Rua da Arquibancada (ao lado do Parque das Nações) | 9h30

SC – Chapecó – Em frente à Catedral | 14h

SC – Corcórdia – Esquina Dr Maruri com Calçadão | 15h

SC – Florianópolis – Largo da Alfândega | 13h

SC – Garopaba – R. Álvaro E dos Santos | 15h

SC – Jaraguá do Sul – Praça Ângelo Piazera | 9h

SC – Joaçaba – Praça da Prefeitura de Joaçaba | 17h

SC – Joinville – Praça da Bandeira | 9h30

SC – Lages – Praça João Costa (Calçadão) | 10h

SC – Laguna – Cais do Porto | 9h30

SC – Lebon Régis – Trevo da entrada da cidade | 10h

SC – Mafra – em frente aos Correios | 17h30

SC – Rio do Sul – Praça da Catedral | 9h30

SC – São Bento do Sul – Escadaria da Igreja Matriz | 19h

SC – São Francisco do Sul – em frente à Igreja Matriz | 14h30

SC – São Miguel do Oeste – Trevo de acesso a Maravilha |10h

SC – Tubarão – Praça da Igreja (Matriz das Oficinas) | 14h

SC – União da Vitória – Praça Coronel Amazonas | 15h

RS – Alegrete – Praça Nova | 14h30

RS – Alvorada – Parada 43 | 9h

RS – Arroio do Sal – Calçadão| 15h

RS – Bagé – Praça do Coreto | 14h30

RS – Balneário Pinhal – Praça Cidadão | 10h

RS – Bento Gonçalves – Praça Vico Barbieri | 9h30

RS – Caçapava do Sul – Praça do Noca | 14h

RS – Cachoeira do Sul – Praça José Bonifácio | 14h

RS – Cachoeirinha – em frente à Caixa Econômica Federal | 10h

RS – Camaquã – Esquina Democrática | 9h

RS – Campo Bom – Praça João Blos | 10h

RS – Candiota – Trevo de  entrada da cidade | 8h

RS – Canela – Parque do Palácio | 15h30

RS – Canoas – Praça do Avião | 10h

RS – Capão da Canoa – em frente à Caixa Econômica Federal | 14h

RS – Carazinho – Praça Albino Hilebrand | 10h

RS – Caxias do Sul – Praça das Feiras | 13h30

RS – Cruz Alta – em frente à Câmara Municipal | 10h

RS – Erechim – Esquina Democrática | 13h30

RS – Encruzilhada do Sul – Panfletagem centro da cidade | 10h

RS – Frederico Westphalen – Praça da Matriz | 9h30

RS – Garibaldi – Esquina da Buarque com a Independência | 9h30

RS – Gravataí – em frente à Prefeitura | 10h

RS – Guaíba – em frente à Prefeitura | 10h

RS – Ibirubá – Monumento ao Imigrante | 15h

RS – Igrejinha – em frente à Prefeitura | 9h

RS – Ijuí – Praça da República | 10h

RS – Imbé – Ponte Giuseppe Garibaldi | 14h

RS – Jaguarão – Pista de Skate, ao lado do ginásio Ferrujão | 14h

RS – Lajeado – Parque dos Dick | 15h

RS – Montenegro – Praça dos Ferroviários | 10h

RS – Novo Hamburgo – Praça do Imigrante (Centro) | 10h

RS – Osório – Rua Marechal Floriano ao lado da Igreja |10h

RS – Palmeira das Missões – Largo Alfredo Westphalen | 9h

RS – Panambi – Praça Central | 9h30

RS – Passo Fundo – Praça da Mãe | 15h

RS – Pelotas – Caminhada Mercado Público | 10h30

RS – Porto Alegre – Largo Glênio Peres | 15h

RS – Quaraí – Praça General Osório | 14h

RS – Rio Grande – Largo Dr. Pio | 11h

RS – Rosário do Sul – João Brasil esq. Barão do Rio Branco | 10h

RS – Santa Cruz do Sul – Praça da Bandeira | 15h

RS – Santa Maria – Praça Saldanha Marinho | 13h30

RS – Santa Vitória do Palmar – Esquina do Correio | 14h

RS – Santana do Livramento – Parque Internacional | 10h

RS – Santa Rosa – Praça 10 de Agosto – Drive Thru Solidário | 11h

RS – Santiago – Esquina Democrática | 10h

RS – Santo Ângelo – Praça da Redemaq – carreata | 15h

RS – Santo Antônio da Patrulha – Praça da Boa Viagem | 9h30

RS – São Borja – Praça XV | 15h

RS – São Francisco de Paula – em frente ao Banrisul na RS – Avenida Julio de Castilhos | 10h

RS – São Leopoldo – Estação São Leopoldo (Trensurb) | 14h

RS – Sapiranga – Praça da Bandeira | 9h30

RS – Sapucaia do Sul – Calçadão | 13h

RS – Torres – Praça XV | 15h

RS – Tramandaí – Ponte Giuseppe Garibaldi | 14h

RS – Três Passos – BR 468, Trevo de acesso à Tiradentes do Sul | 15h

RS – Uruguaiana – Parcão | 14h

RS – Venâncio Aires – Carreata Serfest | 9h15

RS – Viamão – Santa Isabel – Av. Walter Jobim | 10h

Atos no Exterior

Alemanha – Frankfurt – Römerberg| 16h (horário local)

Alemanha – Munique – Odeonsplatz| 16h às 17h30 (horário local)

Alemanha– Berlim – Parizer Platz | 10h20 (horário local)

Alemanha– Colônia – Am Heumarkt | 15h30 (horário local)

Alemanha – Freiburg im Breisgau – Augustinerplatz Ato e show musical das 13h às 16h (horário local)

Alemanha – Hamburgo – Jungfernstieg-Reesendammbrücke (Blickrichtung Lombardsbrücke)| 12h (horário local)

Áustria – Viena – Stephansplatz | 11h ( horário local)

Bélgica – Bruxelas – Rond-Point Robert Schulman|15h ( horário local)

Canadá – Québec, Parlement – Assemblée Nationale du Québec | 10h (horário local)

Canadá – Edmonton – Legislature | 10h (horário local)

Canadá – Montreal – Monument à George-Étienne Cartier | 15h (horário local)

Canadá – Toronto  – City Hall| 15h (horário local)

Canadá – Vancouver – Vancouver Art Gallery North Plaza | 13h30 (horário local

Espanha – Barcelona – Font de Canalets (La Rambla) | 19h (horário local)

Espanha – Salamanca – Plaza Mayor | 12

EUA – Austin/TX – Central Park | 16h (horário local)

EUA – Boston – Estação de metrô Park St.| 1pm (horário local)

EUA – Nova York – Union Square | 16h (horário local)

EUA – Los Angeles – Los Angeles- CA – Grand Park (lado do playground) – 11h (horário local)

EUA – Newark – Ferry St&Wilson St – Ironbound|12h (horário local)

EUA – Peer de Deerfield Beach- FL| 13h (Ato em 25/07) (horário local)

EUA – Washington DC – National Mall – 3rd St &Madison Dr NW – 10am (horário local)

Finlândia – Helsink – Narikkatori l 17h (horário local)

França – Paris – Place de la République| 17h (horário local)

Holanda – Haia – Plein (ao lado do Binnenhof) | 16h (horário local)

Irlanda – Dublin – Iveagh Gardens | 9h30h (horário local)

Irlanda – Cork – Grand Parade in front of the Library| 2pm (horário local)

Italia – Bologna – Parco Cevenini Via Biancolelli, 45 Borgo Panigole | 20h (horário local)

México – Cidade do México – Plaza Central – Zócalo | 17h (horário local)

Portugal – Braga – Praça da República (frente ao chafariz) | 18h

Portugal – Coimbra – Praça 8 de Maio, 3000-300 | 12h30 (horário local)

Portugal – Lisboa – Praça Luís de Camões | 10h às 16h (horário local)

Portugal – Lisboa – Rossio (Praça D. Pedro IV) | 18h (horário local)

Portugal – Porto – Centro Português de Fotografia | 16h30 (horário local)

Portugal – Porto – Av dos Aliados | 18h (horário local)

Portugal – Vila Real – Largo do Pelourinho | 17h (horário local)

Inglaterra – Londres – Embaixada Brasileira – 13h (horário local)

Inglaterra – Londres – Parliament Square (estátua de Nelson Mandela) na marcha “Reclaim Pride” | 13h (horário local)

Inglaterra – Londres – na Embaixada do Brasil em Londres (14-16 Cockspur street SW1Y 5BL) | 15h (horário local)

República Tcheca – Praga – Václavské Náměstí | 14h (horário local)

Suécia – Stockholm – Tantolunden Park | 16h

Suiça – Genebra – Perle du Lac | 16h30 ( horário local)

Suiça –  Zürich – Helvetiaplaz | 14h (horário local)

Governo é de coabitação do ‘toma lá, dá cá’ entre Bolsonaro, generais e o Centrão

“O governo Bolsonaro recorreu ao bloco parlamentar do Centrão, — em troca da blindagem para não correr o risco de impeachment — e liberou mais ainda a prática do velho toma lá, dá cá. Um vale tudo de fisiologismo”, diz o colunista Milton Alves. Os atos do 24J, diz ele, serão mais um momento de “luta pelo fim do governo de Bolsonaro e dos generais golpistas”

Nada como um dia após o outro para mostrar a verdadeira face política do presidente Jair Bolsonaro aos que se deixaram enganar pela pregação moralista de ocasião empregada por ele durante a campanha eleitoral de 2018. Evidente, que tiro dessa conta os núcleos militantes do bolsonarismo e o “partido militar”, envolvido em bilionárias falcatruas nos escaninhos ministeriais de Brasília.

Segundo Bolsonaro, em entrevista concedida à rádio Banda B, nesta quinta-feira, 22, ele se define como um político profissional do Centrão. “O Centrão é um nome pejorativo. Eu sou do Centrão. Eu fui do PP metade do meu tempo. Fui do PTB. Fui do então PFL. […] O tal Centrão são alguns partidos que lá atrás se uniram na campanha do Alckmin. Algo pejorativo. Não tem nada a ver. Eu nasci de lá”, afirmou.

Bolsonaro é um dos frutos podres da farsa da Lava Jato. Após o golpe de 2016, que degolou o mandato da ex-presidenta Dilma Rousseff, ganhou impulso no país a campanha de demonização e criminalização do PT e da política, criando o caldo de cultura para emergência da extrema direita bolsonarista, montada no cavalo de troia do combate à corrupção.

A farsesca campanha anticorrupção do então candidato presidencial Jair Bolsonaro catalisou e agrupou o eleitorado de classe média, principal segmento envenenado pelo ódio contra o Partido dos Trabalhadores, esvaziando a campanha da velha direita representada por Geraldo Alckmin [PSDB].

O fenômeno político da onda bolsonarista só foi possível graças ao trabalho de sapa da operação Lava Jato. Ou seja, a praga política do bolsonarismo, primo tropical do neofascismo, foi nutrida pela engrenagem movida nos diversos escalões do Ministério Público Federal e das estruturas do Poder Judiciário, açambarcadas pela visão classista do lavajatismo — que operava um arbitrário sistema de justiça, com acentuada prática punitivista e autoritária.

No quadro de histeria golpista provocada pela Lava Jato, que armou a condenação e prisão de Lula sem crime para tirá-lo da disputa presidencial, Bolsonaro cavalgou na demagogia antissistêmica contra a “velha política” e o indecifrável presidencialismo de coalizão – eufemismo para o velho toma lá, dá cá -, inaugurado pelo presidente José Sarney durante a transição pactuada com a moribunda ditadura militar.

Bolsonaro monta governo de coabitação do toma lá, dá cá

Sob desgaste político crescente e sem resposta para debelar a crise econômica e social, agravada pela gestão criminosa da pandemia causada pela Covid-19, o governo Bolsonaro recorreu ao bloco parlamentar do Centrão, — em troca da blindagem para não correr o risco de impeachment — e liberou mais ainda a prática do velho toma lá, dá cá. Um vale tudo de fisiologismo: Liberação de recursos para os parlamentares do grupo, entrega de cargos em ministérios e empresas estatais e a criação de uma espécie de governo de coabitação entre Bolsonaro, os generais e o Centrão.

O bloco parlamentar do Centrão, um ajuntamento de diversos partidos no Congresso, ganhou mais musculatura política no interior do governo bolsonarista, reduzindo o espaço dos generais. Bolsonaro teve que ceder a estratégica Casa Civil para o senador Ciro Nogueira [PP-PI].

Com isso, o PP, principal partido do Centrão, amarra Bolsonaro que depende, cada vez mais, da trinca pepista: Nogueira na Casa Civil, Arthur Lira [PP-AL] na presidência da Câmara dos Deputados e do enrolado Ricardo Barros [PP-PR] na liderança do governo.

Todo o esforço de Bolsonaro busca assegurar a coabitação do “toma lá, dá cá” e sobreviver até 2022, aplicando as medidas a favor do grande capital nacional e estrangeiro contra o povo trabalhador, ou seja, passando a boiada neoliberal das privatizações e da retirada de direitos, com a providencial ajuda da turma da terceira via — integrada pelos partidos da velha direita neoliberal [PSDB, MDB, DEM, Novo e de setores do PDT].

Uma saída política progressiva da crise somente virá da mobilização popular. É um erro político grave cultivar ilusões de que a maioria do atual Congresso – sob o comando de Lira e Pacheco – que sustenta o governo, sob tutela militar, votará o impeachment de Bolsonaro. Não há nada mais urgente para deter a destruição da nação do que derrubar o governo Bolsonaro, responsável pela volta da fome, do desemprego e do genocídio de quase 500 mil brasileiros pelo coronavírus.

A nova jornada de mobilização do 24J será mais um momento do combate da frente única de esquerda e dos movimentos sociais para acumulação de forças na luta pelo fim do governo de Bolsonaro e dos generais golpistas — e também para barrar as manobras políticas urdidas pela velha direita, como a proposta de semiparlamentarismo. Um expediente feito sob medida para a possibilidade de uma vitória do ex-presidente Lula nas eleições presidenciais de 2022.

247



WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia