247 – O historiador Fernando Horta fez uma dura crítica às personalidades de esquerda, em especial à drag queen Rita von Hunty, que declaram a intenção de não votar no ex-presidente Luiz Inácio Lula já no primeiro turno. “É a infantilidade revolucionária”, diz ele. “São marxistas de internet que de marxismo não têm nada”, acrescenta.

Segundo ele, a vitória em primeiro turno é essencial para evitar violência política no Brasil numa eleição que não se dá apenas entre democratas, mas que tem como adversário um fascista com projeto de se tornar ditador. “O parâmetro deve ser o Psol, que nunca teve candidato e nesta decisão decidiu que é hora de apoiar Lula”, afirma. “Que todos pressionem Lula por um governo mais à esquerda depois que ele vencer a eleição.”

247