Jornalista Tereza Cruvinel e o evento de membros do PT e do PSB (Foto: Reprodução (247) / Ricardo Stuckert)

“Foi com a chapa Tancredo-Sarney que derrotamos a ditadura no colégio eleitoral”, lembrou a jornalista

247 – A jornalista Tereza Cruvinel comparou, nesta sexta-feira (8), a possível aliança entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSB) com a feita por Tancredo Neves e José Sarney, na década de 80. A colunista destacou que, nos dois casos, foram ex-adversários que se uniram para a retomada da democracia no Brasil.

“A chapa Lula-Alckmin tem algo a ver com a aliança PMDB-Frente Liberal (dissidentes do PDS). O Congresso já ia rejeitar a emenda das diretas apesar das massas nas ruas. Foi com a chapa Tancredo-Sarney que derrotamos a ditadura no colégio eleitoral, em 15.1.85”, escreveu a jornalista no Twitter.

Outras personalidades da política também se manifestaram, como a presidente nacional do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann (PR), o deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) e o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT).

247