WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

secom bahia

secom bahia

embasa


(74) 99106-4031

novembro 2021
D S T Q Q S S
« out   dez »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  


:: 14/nov/2021 . 18:54

Homem mais rico do mundo, Elon Musk ataca Bernie Sanders e ameaça vender mais ações para pagar impostos

Musk conduz uma campanha de “trolagem” contra a proposta dos democratas de implementar um “imposto sobre bilionários”

247 – O homem mais rico do mundo, Elon Musk, atacou Bernie Sanders após o senador americano pedir que “os extremamente ricos paguem sua parte justa”.

“Eu continuo esquecendo que você ainda está vivo”, disparou Musk.

O bilionário ameaçou vender mais ações da Tesla para arcar com os impostos. O artifício é utilizado por Musk, que vendeu US$ 5 bi em ações na última quarta-feira (10).

Musk conduz uma campanha de “trolagem” contra a proposta dos democratas de implementar um “imposto sobre bilionários”. “Eu não recebo um salário em dinheiro ou bônus de qualquer lugar”, justificou ele na ocasião.

247

 

Lula encontra líder da Comissão Europeia, que relata preocupação com crise climática e defende multipolaridade

Ex-presidente se reúne com lideranças políticas em Bruxelas neste domingo (14). “Conversamos muito sobre a conjuntura brasileira e latino-americana”, descreveu sobre o encontro com Josep Borrell, vice-presidente da Comissão Europeia e Alto Representante da União Europeia para Relações Exteriores

247 – De passagem pela Bélgica, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se encontra com lideranças políticas neste domingo (14) como parte de sua agenda com líderes progressistas na Europa. Nesta tarde, Lula se encontrou com Josep Borrell, vice-presidente da Comissão Europeia e Alto Representante da União Europeia para Relações Exteriores.

“Conversamos muito sobre a conjuntura brasileira e latino-americana”, relatou o ex-presidente no Twitter. “Ele nos relatou preocupação com a urgência climática e com a viabilização do acordo Brasil União Europeia. E defendeu uma multipolaridade política, tecnológica e comercial. Combinamos de seguir em diálogo e trocando impressões”, acrescentou.

Pela manhã, Lula esteve com a líder sindical internacional Sharan Burrow, secretária-geral da Confederação Sindical Internacional (CSI), entidade que representa 200 milhões de trabalhadores no mundo. “Diálogo sobre a necessidade de renovação das estruturas sindicais para avançar na luta por direitos do povo trabalhador”, registrou.

Antes da Bélgica, Lula se encontrou com importantes lideranças alemãs em Berlim, como o futuro chanceler, Olaf Scholz. Da Bélgica, Lula segue para França e Espanha.

247

Em Dubai, “Guedes articula para entregar ao capital estrangeiro o que resta da Petrobrás”, diz economista

O ministro da Economia disse estar em busca de “petrodólares” e afirmou que investidores do Oriente Médio participarão dos próximos leilões de petróleo e de gás natural

247 – O economista Uallace Moreira criticou o ministro da Economia, Paulo Guedes, que, em Dubai, disse estar em busca de “petrodólares” para investimentos no setor petroleiro nacional. Sob o governo Bolsonaro, o processo de desmonte da Petrobrás foi acelerado, o que levou ao aumento desenfreado nos preços dos combustíveis.

Segundo Moreira, o ministro, na viagem oficial ao Oriente Médio, “está articulando para entregar para o capital estrangeiro” o pouco que resta da estatal. “Guedes quer destruir o Brasil de qualquer forma”.

A jornalistas, Guedes afirmou que investidores do Oriente Médio participarão dos próximos leilões de petróleo e de gás natural. “O importante é assegurar a participação deles. Por exemplo, tivemos boas notícias. Vão estar presentes agora, nos leilões de petróleo e de gás natural que nós vamos fazer”, informou.

247

Manifestantes amarram ossos na embaixada do Brasil em Paris: “Não tem pão? Comam ossos!” (vídeo)

Protesto em Paris na embaixada brasileira faz referência à frase atribuída a Maria Antonietta e que integra a tradição da Revolução Francesa: “se não tem pão, que comam brioches”

247 – A embaixada brasileira em Paris foi alvo de um protesto contra Bolsonaro e a fome que grassa no país neste domingo (14). O prédio teve ossos, cartazes e bandeiras do Brasil amarradas em suas grades. Nos cartazes, a frase “Não tem pão? Comam ossos!”. E a palavra “genocide” (genocida, em português). Veja nas fotos que ilustram esta reportagem.A frase  “Não tem pão? Comam ossos!” é uma referência  à frase atribuída a Maria Antonietta e que integra a tradição da Revolução Francesa: “se não tem pão, que comam brioches”. Na verdade,  a rainha Maria Antonieta, executada na guilhotina durante a Revolução Francesa, em 16 de outubro de 1793. nunca teria pronunciado a frase, mas acabou incorporada à tradição revolucionária.

O ato na embaixada em Paris foi organizado pelos coletivos Coletivo Alerta Franca Brasil/MD18, Ubuntu Audiovisual e Amigos do MST e teve como mote a celebração da Proclamação da República brasileira, nesta segunda (15).

Leia o texto dos coletivos sobre a ação:

“Cinco milhões de pessoas passando fome; 19 milhões de famílias na miséria; 14 milhões de cidadãos desempregados. Somem-se a esses números os mais de 600 mil mortos por Covid, e temos o retrato da tragédia brasileira, resultado da política ultra-liberal de privatizações e supressão dos direitos dos trabalhadores, combinada com a negação genocida do atual presidente de extrema-direita.  Portanto, nada a comemorar neste 15 de novembro, Dia Nacional da República, proclamada em 1889.

Para marcar a data, expondo a situação desastrosa do país, membros de grupos de resistência e cidadãos solidários realizaram outra intervenção na embaixada brasileira em Paris. Ao lado de faixas com dados e slogans como (“Tá caro? Culpa do Bolsonaro”; “Não tem pão, coma osso”), serão amarrados nas grades da fachada panelas vazias, além de ossos e boi e pés de galinha, “alimentos” que grande parte da população tem sido obrigada a consumir para não morrer de fome.

Com esse ato denunciamos, junto à opinião pública francesa e à comunidade internacional, o desmonte do Estado após três anos de (des)governo Bolsonaro.”

Assista ao vídeo dos coletivos sobre a ação:

https://vimeo.com/lilianemutti

Bolsonaro só ganha em 2022 com uma virada histórica, mas é muito difícil, avalia o fundador do Instituto Ideia

Fundador do Instituto Ideia, Maurício Moura também lembra que todos os ex-presidentes reeleitos (FHC, Lula e Dilma) tinham índices de aprovação superiores a 30% no terceiro ano de mandato

247 – “Bolsonaro tem índices muito desfavoráveis. Se ele vencer, será a maior virada de uma eleição presidencial recente na América Latina”, avalia Maurício Moura, fundador do Instituto Ideia. Moura lembra também que todos os ex-presidentes reeleitos (Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff) tinham índices de aprovação superiores a 30% no terceiro ano de mandato e menor rejeição do que Bolsonaro tem atualmente.

O analista também citou “o trauma da interrupção do auxílio emergencial”. “Isso anestesia o entusiasmo”, afirmou. Os relatos dele foram publicados pela coluna de Maria Carolina Trevisan, publicada no portal Uol.

A pesquisa Exame/IDEIA divulgada nesta sexta (12) apontou que 52% dos eleitores consideram o governo Bolsonaro “ruim/péssimo” e 54% desaprovam o trabalho dele.

A pesquisa Genial/Quaest, publicada na quarta-feira (10), apontou que a reprovação de Bolsonaro atingiu 56%, 11 pontos percentuais a mais que em agosto.

No levantamento PoderData, de quinta (11), 57% avaliam o trabalho dele como “ruim/péssimo”.

Na Vox Populi, também divulgada na quinta, 69% dos eleitores disseram que reprovam o trabalho do ex-capitão.

247

PL confirma cancelamento de filiação de Bolsonaro dia 22 e diz que não há mais data marcada

Nota do PL distribuída aos filiados indica que há uma crise nas negociações com Bolsonaro e que houve divergências “após intensa troca de mensagens na madrugada deste domingo”

Metrópoles com 247 – O Partido Liberal (PL) anunciou, neste domingo (14), que a filiação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) à sigla, prevista para 22 de novembro, foi cancelada. Em Dubai, na manhã deste domingo, Bolsonaro confirmou o adiamento sem data da filiação.

A informação foi divulgada de manhã pela cúpula do PL aos aos filiados de manhã. De acordo com o documento, o cancelamento foi decidido em “comum acordo” entre membros do partido e o presidente Jair Bolsonaro, “após intensa troca de mensagens na madrugada deste domingo”.

“Decidimos, de comum acordo, pelo adiamento da anunciada cerimônia de filiação. Portanto, a data de 22 de novembro foi cancelada, não havendo, ainda uma nova data para o compromisso de filiação”, consta no documento.

PGR pede abertura de inquérito contra Bia Kicis por postagem racista

Segundo o vice-procurador-geral, Humberto Jacques de Medeiros, a deputada foi racista ao escurecer a pele de Sergio Moro e Luiz Henrique Mandetta em postagem no Twitter

247 e CartaCapital – A Procuradoria-Geral da República encaminhou ao Supremo Tribunal Federal um pedido para a abertura de inquérito contra a deputada bolsonarista Bia Kicis (PSL-DF).

A parlamentar será investigada por suspeita de racismo por postagens feitas em suas redes sociais. A informação é do jornal O Globo deste domingo 14.

O pedido encaminhado à Suprema Corte é assinado pelo vice-procurador-geral, Humberto Jacques de Medeiros, que compreendeu que a deputada foi racista ao escurecer a pele do ex-juiz parcial Sergio Moro e do ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta. A prática é conhecida como ‘blackface’.

Leia a íntegra na CartaCapital.

Em Dubai, Bolsonaro diz que discutiu “troca de presos políticos” (vídeo)

Jair Bolsonaro ainda disse que tratou sobre acordos na área da “Defesa” com autoridades dos Emirados Árabes; Flávio Dino suspeita que Bolsonaro quer exílio político

247 – Em uma curta entrevista durante sua viagem a Dubai, Jair Bolsonaro teve dificuldades em descrever o que dialogou com autoridades dos Emirados Árabes, disparando generalidades, sem trazer qualquer coisa de concreto.

Questionado sobre o que foi discutido com o primeiro-ministro dos Emirados Árabes, Mohammed bin Rashid Al Maktoum, neste sábado (14), respondeu que houve conversa sobre diferentes áreas, como Educação, Defesa. Indagado especificamente sobre o que foi assinado na área educacional, respondeu à repórter: “não vou entrar em detalhes com você”.

Uma das frases, no entanto, a princípio passou despercebida, mas agora circula nas redes sociais com legenda e maior destaque. Sem explicações, Bolsonaro disse ter tratado também sobre “troca de presos políticos” (assista abaixo).

Exílio?

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB), questionou o que tanto Bolsonaro e sua família fazem em Dubai, se seria fuga do Tribunal Penal Internacional ou se estaria preparando exílio para quando estiver fora da presidência.

“Essas constantes viagens a Dubai são só passeio mesmo? Ou tem algo de esquisito nisso? Estão preparando exílio para o fim dos efêmeros e desastrados anos de poder? Ou a preocupação é fugir à jurisdição do Tribunal Penal Internacional?”, indagou Dino.

247



WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia