O deputado federal Daniel Silveira é um grande defensor de Jair Bolsonaro, sendo da ala mais radical e ideológica do governo Jair Bolsonaro

Jair Bolsonaro, em live nesta quinta-feira, 18, transmitida nas redes sociais, ignorou o caso do deputado federal Daniel Silveira (PSL), seu aliado que foi preso pela Polícia Federal (PF) por ordem do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), por ter atacado e ameaçado a Corte.

Falou sobre os decretos que ele publicou sobre armamento; da mãe dele, que foi vacinada contra a Covid-19; da alta nos combustíveis e sobre os caminhoneiros; e atacou a Venezuela e o Green Peace. Mas não mencionou seu aliado que pode ter o mandato de deputado cassado pela Câmara dos Deputados.