WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

secom bahia

embasa



(74) 99106-4031

maio 2021
D S T Q Q S S
« abr    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  


Mourão diz que CPI do Bolsolão não deve ser barrada: “quem não deve não teme”

Em mais um sinal de afastamento de Bolsonaro, o vice-presidente disse ser necessário esclarecer se o processo de compra de apoio de parlamentares está “dentro da legalidade”. Ele ainda reconheceu que uma CPI pode causar danos ao governo, mas não se mostrou preocupado

247 – Em mais um gesto de afastamento de Jair Bolsonaro, o vice-presidente, Hamilton Mourão, afirmou nesta terça-feira (11) em entrevista ao Poder360 que a base governista no Congresso Nacional não deveria tentar barrar a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o Bolsolão, esquema que consistiria na compra de apoio de parlamentares por meio de um orçamento secreto.

Mourão disse que o caso precisa ser esclarecido para comprovar se está mesmo “dentro da legalidade”. “Não digo que é questão de [a base do governo] barrar [a CPI]. Quem não deve não teme. Que se esclareça a situação para saber se está dentro da legalidade. Essa questão de emendas sempre houve. De uns 3 anos para cá o Legislativo se apossou disso aí, isso é uma realidade”.

O vice-presidente reconheceu que a CPI pode causar danos ao governo. “O problema de CPI é mais a turbulência política que causa e muita gente que aproveita esse momento para ressuscitar e mostrar aos seus eleitores ‘olha, gente, estou vivo aqui, tem eleição ano que vem, me reelejam’. É por aí”.

Bolsonaro já é alvo da CPI da Covid no Senado e, agora, pode estar diante de uma nova CPI. Mesmo assim, Mourão não parece estar preocupado com possíveis complicações de seu companheiro de chapa.

PF de Bolsonaro pede ao STF investigação contra Dias Toffoli por suposta venda de decisões

Nunca antes a Polícia Federal havia pedido à Corte a abertura de inquérito para investigar um ministro do próprio tribunal. O pedido se baseia em delação premiada do ex-governador Sérgio Cabral

A Polícia Federal de Jair Bolsonaro pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF), de acordo com a Folha de S. Paulo, a abertura de um inquérito para investigar supostos repasses ilegais a um dos ministros da própria Corte: Dias Toffoli.

Segundo a PF, o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral, em acordo de colaboração premiada, afirmou que o ministro teria recebido R$ 4 milhões para favorecer dois prefeitos fluminenses em processos no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Toffoli foi ministro do TSE de 2012 a 2016, tendo presidido o tribunal entre 2014 e 2016.

Nunca antes a PF havia pedido ao Supremo uma investigação envolvendo um ministro da própria Corte.

O pedido foi enviado ao relator, ministro Edson Fachin, que pediu manifestação da Procuradoria-Geral da República (PGR).

Toffoli, por meio de sua assessoria, disse não ter conhecimento dos fatos relatados e afirmou jamais ter recebido valores ilegais. Ele ainda refutou a hipótese de ter atuado para favorecer qualquer pessoa no exercício de suas funções.

 

TSE muda chefe da área de informática, um dos implementadores da urna eletrônica

Com a discussão sobre a implementação do “voto auditável”, liderado pelo presidente Jair Bolsonaro e seus apoiadores, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mudou nesta terça-feira (11) o comando da área responsável pela tecnologia da informação — que lida, entre outras coisas, com a urna eletrônica.

De acordo com o Globo, a saída de Janino não tem qualquer relação com o ressurgimento das discussões sobre o voto impresso. Os interlocutores avaliam que a permanência dele como secretário de Tecnologia da Informação tornou-se delicada após os problemas registrados nas eleições municipais de 2020 – e que sua saída vinha sendo costurada desde então.

Valente, que passará a tocar a área, era responsável pelos aplicativos do TSE, como o “E-título”, e tem forte apoio dentro do tribunal. Janino continuará na Corte, como assessor especial da presidência, onde fará a transição para o seu sucessor.

O debate sobre o “voto auditável” está na ordem do dia de apoiadores de Jair Bolsonaro, que questiona a credibilidade da urna eletrônica desde 2018, antes mesmo de ganhar as eleições. No último final de semana, o presidente disse a apoiadores acreditar que, “com toda a certeza”, o voto auditável será aprovado para as eleições de 2022.

“Teremos sim uma maneira de auditar o voto por ocasião dos votos de 2022, ganhe quem ganhar”, acrescentou.

CBF divulga tabela detalhada da Série A até a 10ª rodada; veja os jogos do Bahia

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nesta terça-feira (11) a tabela detalhada da Série A do Campeonato Brasileiro. O Bahia fará a sua estreia na competição nacional contra o Santos, no próximo dia 29 de maio, um sábado, às 19h, no estádio de Pituaçu.

O time comandado por Dado Cavalcanti vai fazer o seu primeiro jogo como visitante diante do Bragantino. Essa partida foi marcada para o dia 5 de junho, um sábado, às 21h, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

Até o momento, a diretoria de competições da CBF desmembrou a competição até a décima rodada. O restante da programação será divulgado no desenrolar da competição.

Confira os dez primeiros jogos do Bahia:

1ª rodada
29/05 (sábado), às 19h – Bahia x Santos – Pituaçu

2ª rodada
05/06 (sábado), às 21h – Red Bull Bragantino x Bahia – Nabi Abi Chedid

3ª rodada
13/06 (domingo), às 18h15 – Bahia x Internacional – Pituaçu

4ª rodada
17/06 (quinta), às 19h – Ceará x Bahia – Castelão

5ª rodada
20/06 (domingo), às 16h – Bahia x Corinthians – Pituaçu

6ª rodada
23/06 (quarta), às 21h30 – Bahia x Athletico Paranaense- Pituaçu

7ª rodada
26/06 (sábado), às 19h – Palmeiras x Bahia – Allianz Parque

8ª rodada
30/06 (quarta), às 19h – Bahia x América Mineiro – Pituaçu

9ª rodada
03/07 (sábado), às 21h – Chapecoense x Bahia – Arena Condá

10ª rodada
08/07 (quinta), às 19h – Bahia x Juventude – Pituaçu

Churrasco de Bolsonaro no Alvorada incluiu picanha a R$ 1.799 o quilo

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) protagonizou mais uma história controversa. Além de aglomerar, Bolsonaro ainda esbanjou para o menu da comemoração ocorrida na residência da Presidência da República, desta vez, no Palácio da Alvorada, no dia das Mães, celebrado no último domingo (9).

O prato do presidente na ocasião foi picanha servida durante churrasco – para amigos, entre eles o cirurgião plástico que fez as próteses mamárias da primeira dama, Michelle Bolsonaro, e parentes à beira da piscina do Alvorada, segundo a Folha de S. Paulo.

O churrasqueiro contratado veio de Belém do Pará, que percorreu 1.962 km de estrada do Ver-o-Peso até o Palácio da Alvorada. Ele atende pelo apelido Tchê. Ou pelo epíteto “Churrasqueiro dos Artistas”. Tchê atende também outras celebridades, como Romero Britto, Eri Johnson e Damares Alves, a ministra do governo de Bolsonaro, que cuida das Mulheres, da Família e dos Direitos Humanos.

No post em redes sociais, o churrasqueiro aparece com Bolsonaro e dois pacotes de carne. Na embalagem, uma charge do presidente, o slogan de campanha de Bolsonaro e o nome do frigorífico. A mesma foto está no perfil do Frigorífico Goiás, e a legenda anuncia: picanha Mito.

O frigorífico, em Goiânia revelou ao jornal que a picanha Mito estava em falta, mas era possível comprar a mesma carne com outra embalagem. Picanha de gado da raça wagyu, de origem japonesa, por módicos R$ 1.799,99 o quilo. Uma peça tem em média 350g e custa cerca de R$ 600.

Ainda de acordo com a Folha de S.Paulo, a festinha do Planalto teve pelo menos duas dessas picanhas. Um total de R$ 1.200 em meros 700 g de carne.

Bahia Notícias

Após tomar vacina da Pfizer, Rui disse que preferiria ‘aguardar para tomar a Sputinik’

Já imunizado com a vacina da Pfizer, o governador Rui Costa (PT) disse que, se dependesse dele, teria aguardado para tomar a vacina russa Sputnik-V. Rui participou do “Papo Correria”, nesta terça-feira (11). 

“Eu queria tomar a Sputinik. Tem mais 90% de taxa de eficácia. A vacina que Salvador está disponibilizando é a da Pfizer. Pessoas como eu. Eu não disse que quero tomar essa vacina. Salvador foi a única cidade que recebeu, está com um lote grande, não só o governador. A família pressionou e fui tomar a vacina”, disse.

Fonte: Bahia Notícias

Pesquisa XP aponta Lula com 51% e Bolsonaro com 49% no segundo turno

Levantamento divulgado nesta terça-feira reforça a tendência de um segundo turno entre Bolsonaro e Lula em 2022. Ambos aparecem com 29% das intenções de voto no primeiro turno

 Pesquisa XP/Ipespe divulgada nesta terça-feira (11) aponta o que já é esperado: o segundo turno da eleição presidencial em 2022 deve ser disputado por Jair Bolsonaro e pelo ex-presidente Lula.

Na pesquisa estimulada, tanto Bolsonaro quanto Lula aparecem com 29% das intenções de voto no primeiro turno, seguidos por outros candidatos mais distantes: Ciro Gomes (9%), Sergio Moro (8%), Luciano Huck (5%) e outros.

Em um segundo turno entre Bolsonaro e Lula, o petista aparece numericamente à frente, embora dentro da margem de erro (empatados tecnicamente). Lula tem 42% das intenções de voto e Bolsonaro 40%. Apenas com os votos válidos, Lula tem 51% e Bolsonaro, 49%.

A margem de erro do levantamento é de 3.2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Governo é ruim/péssimo para 49%

Para 49% da população brasileira, o governo de Jair Bolsonaro é “ruim e péssimo” e 58% desaprovam a maneira de Bolsonaro governar o país. Somente 29% julgam o governo como “ótimo e bom” e 35% aprovam a administração do país pelo atual ocupante do Palácio do Planalto.

65% defendem intervenção do Estado para retomar a economia

A pesquisa mostra também que, para 65% dos pesquisados, o caminho para retomar a economia é “mudar a política com mais investimentos do governo para o Brasil voltar a crescer”. Para 25%, o caminho é “manter a política econômica atual com as reformas” e buscar “maior participação das empresas privadas para retomar o crescimento”. 10% disse não saber ou não quis responder.

 

Rui alfineta Bolsonaro e diz que ‘governo federal não tem uma obra iniciada na Bahia’

As obras inauguradas pelo governo federal na foram alvo de críticas do governador Rui Costa (PT). Rui pontuou que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem inaugurado apenas pequenos trechos e desafiou a divulgar uma obra “iniciada pelo governo federal na Bahia”, durante o “Papo Correria”, nesta terça-feira (11).

“Que seja projetada, lançada, na Bahia. Não conheço. Nem no Brasil. Ele está inaugurando pedaços de obras. A duplicação da 101, 165 km de Feira até a divisa de Sergipe. O presidente [Bolsonaro] veio aí, inaugurou 18km. Dilma iniciou a obra. Dois anos de governo, ele vem inaugurar isso. Imagine quantos anos vai precisar para chegar aos 165 km? Não é todo mundo que sabe trabalhar.

Rui comentou que a “única capacidade” de Bolsonaro seria de “transmitir raiva e notícias falsas”. “Nunca pregaram prego em uma estopa. Não tem uma obra na Bahia. Obra iniciada pelo governo federal na Bahia, desafio a divulgarem. Não conheço um governo tão incompetente. Tudo aumentou, a miséria. Estamos remando contra a maré”, finalizou.

 

Fonte: Bahia Notícias

Exportações e importações crescem na BA em abril; mercado asiático é principal parceiro

As exportações baianas atingiram US$ 840,5 milhões em abril, com aumento de 55,5% em comparação a igual mês de 2020, conforme informações divulgadas nesta segunda-feira (10) pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia vinculada à Secretaria estadual do Planejamento (Seplan).

As importações alcançaram US$ 727,8 milhões no mês e aumentaram 91,4% em relação a abril de 2020. Também sob o efeito da base baixa de comparação, as compras externas foram puxadas principalmente por combustíveis e pela recomposição de insumos que sofreram desabastecimento no mercado externo e interno. Isso aconteceu mesmo com câmbio depreciado, porque o desabastecimento também contribuiu para elevar preços no mercado interno.

As exportações do complexo soja (grão, farelo e óleo) aumentaram 34,2% no mês passado e responderam por 26% das vendas totais do estado ao exterior, em abril. Os fortes embarques do grão, em março e abril, ocorreram após um atraso da safra recorde, que reduziu a exportação no início da temporada.

As projeções para as exportações de soja são as melhores possíveis para a atual safra, considerando o valor baixo dos estoques globais, o aumento da produção na Bahia e a forte demanda asiática, sobretudo da China. O mercado chinês representou quase 57% das vendas do setor esse ano, com um crescimento de 18,6% ante igual período de 2020.

Já o valor das exportações de derivados de petróleo teve alta de 433,5% sobre abril do ano passado, impactado por uma alta dos preços, que se elevou em média 113,1% comparado ao mesmo mês de 2020. Novamente o mercado asiático (Cingapura) respondeu por mais de 90% das compras.

No acumulado até abril, as exportações baianas acusam crescimento de 7,5%, influenciadas muito mais pela alta dos preços médios dos produtos exportados (33,4%), com destaque para soja, derivados de petróleo, produtos metalúrgicos e minerais. Os volumes embarcados avançaram muito menos em alguns segmentos e chegaram a registrar baixa no total do período (-19,4%), em função do atraso na colheita das lavouras de soja nos primeiros dois meses de 2021 e dos embarques menores de derivados de petróleo.

Fonte: Bahia Notícias

 

Os países asiáticos lideram os mercados de destino com 50% de participação no total de vendas até abril. Mas outros parceiros econômicos importantes da Bahia, que demandam produtos locais, como Estados Unidos (+17,4%), Argentina (+15,4%) e União Europeia (+6,5%), também vivem em um contexto de recuperação econômica, resultando numa demanda crescente de diversos produtos da pauta estadual.

“Possibilidade de impeachment é real”, diz Humberto Costa sobre afastar Augusto Aras da PGR

“Constitucionalmente, ele tem uma responsabilidade que deve ser cumprida. Se não for cumprida, ele poderá ser objeto de algum tipo de processo interno no MP e no STF para avaliar essa responsabilidade”, afirmou o senador

O senador Humberto Costa (PT-PE), que integra a CPI da Covid, afirmou em entrevista à jornalista Rachel Sheherazade, do Metrópoles, que o procurador-geral da República, Augusto Aras, pode ser afastado do cargo pelo Senado. “A possibilidade do impeachment é real”, disse.

“Constitucionalmente, ele tem uma responsabilidade que deve ser cumprida. Se não for cumprida, ele poderá ser objeto de algum tipo de processo interno no Ministério Público e no Supremo Tribunal para avaliar essa responsabilidade”, afirmou Humberto Costa.

O senador comentou ainda o possível interesse de Aras em uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF) e lembrou que as indicações para o cargo são submetidas ao Senado.

“Se a pessoa que for indicada não atender aos pré-requisitos do seu papel como agente público, o Senado pode rejeitar a indicação.”

Nesta segunda, o procurador-geral da República decidiu não dar continuidade às investigações sobre a relação entre Jair Bolsonaro e os depósitos de Fabrício Queiroz na conta da primeira-dama Michelle Bolsonaro. Os valores chegaram a R$ 89 mil, somando os R$ 72 mil depositados por ele com os R$ 17 mil de sua esposa, Márcia Aguiar.

Carlos Bolsonaro na CPI

Humberto Costa reforçou ainda que a convocação do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) está no radar da CPI, principalmente após o depoimento do ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta que o citou por diversas vezes.

“Ele vai ter que explicar, em primeiro lugar, por que disseminou tantas informações falsas sobre a pandemia, minimizando a gravidade do problema”, frisou Costa. “Por que é que ele, que se diz tão influente na política de comunicação do governo, não implementou, não orientou nenhuma campanha que ajudasse a população brasileira a se esclarecer sobre a pandemia da Covid-19; se ele tem alguma coisa a ver com a tentativa de uma campanha, que chegou a ser veiculada durante um dia, intitulada O Brasil Não Pode Parar, onde sabotava as medidas de isolamento social tão relevantes naquele momento. São coisas assim que, se ele for chamado, nós vamos inquiri-lo e vamos perguntar”, explica o senador.

Fonte: 247



WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia